Projeto One Sight apresenta números em Garanhuns

Arquivo Secom
Esta semana foram apresentados dados de conclusão do processo de triagem do Projeto One Sight, que segue sendo realizado no município de Garanhuns. Ao todo, mais de 80 escolas dos municípios que compõem a V Geres participaram do processo de triagem; sendo mais de 57 mil estudantes, acima dos seis anos de idade, avaliados durante o período. Desta porcentagem, aproximadamente 7 mil terão a necessidade consulta oftalmológica.  O projeto é realizado por meio da parceria entre a Fundação Altino Ventura (FAV) com a ONG One Sight, as Secretarias de Saúde e Secretaria de Educação de Garanhuns e a Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio da Gerência Regional de Saúde (V Geres).

Durante dois meses, alunos da rede municipal e estadual de ensino foram triados por profissionais capacitados a fim de verificar possíveis irregularidades na visão que possam ser tratadas e corrigidas por meio de consultas oftalmológicas e entrega de óculos em até 24 horas. “Essa iniciativa tem o objetivo de diagnosticar os problemas de cada um e melhorar a relação entre ensino e aprendizado, aprimorando o desempenho escolar desses estudantes”, afirmou o coordenador de Projetos Sociais e Unidades Avançadas da FAV e representante da ONG One Sight, Guibson Trindade.
A próxima fase do projeto será o período de avaliação médica e confecção dos óculos, para isso um período voltado para a avaliação médica e confecção dos óculos de cada aluno, que será realizado entre os dias 12 e 22 de junho, na sede da Associação Garanhuense de Atletismo (AGA).
Desde o mês de fevereiro, as ações integraram vários setores da esfera pública municipal, tendo a partida com os agentes multiplicadores da Secretaria de Saúde. “Através de uma parceria com a pasta de Educação realizamos a capacitação de professores que pudessem triar esse contingente de alunos da rede municipal. Agora, a próxima etapa é de solucionar as patologias identificadas”, finalizou o secretário de Saúde, Alfredo de Gois.

Aquilles Soares

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.