Dia “D” da Campanha de Vacinação contra a Gripe Influenza será neste sábado


Sábado (13) é o Dia “D” de mobilização nacional contra a Gripe Influenza. Todas as Unidades Básicas de Saúde da Família – UBSF da Prefeitura de Arcoverde vão funcionar para atender as pessoas que ainda não se vacinaram. A Secretaria de Saúde informa que as famílias que têm pessoas acamadas em casa, devem agendar a vacinação em domicílio, pela equipe de saúde ao qual pertencem. O agendamento é feito pelo telefone 3821 0806.

Foi incluído também, o atendimento no Centro de Atenção ao Idoso, que funciona das 8h às 16, na Avenida Coronel Antônio Japiassu, 333; e na Sala de Vacinação do PNI, que fica na Rua Sávio Napoleão, 58. Para se vacinar, a pessoa deve levar o Cartão de Vacina e do SUS, documento de identidade ou CPF.

“É importante que todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários procurem uma Unidade Básica de Saúde da Família mais próxima de sua casa para se vacinar”, recomenda a prefeita Madalena. De acordo com a secretária de Saúde, Andreia Britto, “a vacina contra gripe é capaz de reduzir as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode diminuir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza”.

Neste ano a meta do Ministério da Saúde é que seja vacinado pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários para a vacinação. A Organização Mundial de Saúde (OMS) determina que cada dose da vacina contenham duas cepas do tipo A e uma do tipo B, sem adição de adjuvantes (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).

Seguindo a recomendação da OMS, os grupos prioritários para a vacinação da Influenza são os indivíduos com 60 anos ou mais de idade, as crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Também foram incluídos para a vacinação, neste ano, os professores das escolas públicas e privadas que estejam atuando em sala de aula. Essa definição de grupos prioritários é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é coordenada na cidade, pelo Programa Municipal de Imunizações da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Arcoverde.

Ascom/pma

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.