Defesa Civil realiza vistoria de áreas de risco em Garanhuns

Fotos cedidas pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil (Compdec) realizou, neste sábado (27), a vistoria da estrutura lateral de uma ponte localizada na rua Carmelina Vieira de Melo, que foi danificada em decorrência do grande volume de água que passa embaixo da mesma, causado pelas fortes chuvas registradas durante os últimos dias. O trecho da via será interditado pela Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), com o objetivo de evitar que aconteça algum acidente com pedestres e veículos que passam pelo local, bem como o desabamento parcial da via. Com a diminuição das chuvas, a Secretaria de Obras e Serviços Públicos realizará, durante a próxima semana, os reparos necessários na estrutura da ponte.

A Defesa Civil também registrou uma ocorrência nessa sexta-feira (26), na rua Araci de Almeida, localizada no bairro Parque Fênix, onde uma encosta desabou parcialmente sob a área de um residência que foi construída próximo a um terreno em declive e que acumulou águas pluviais. Não houveram feridos e a família que residia na localidade foi desalojada pelo Corpo de Bombeiros Militar. O órgão municipal esclarece ainda, que nos próximos dias vai atuar instalando lonas plásticas nas encostas da localidade, com o intuito de evitar novos desabamentos.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Thiago Amorim, é importante que a população esteja atenta, pois o período chuvoso pode resultar em novos incidentes em áreas de risco do município. "A continuidade das chuvas pode ocasionar novos desabamentos, por isso quem mora nessas áreas deve verificar se as barreiras e encostas possuem alguma fissura ou deslocamento de massa. Bem como aqueles que moram na parte superior desses locais devem estar atentos se o piso está afundando ou se as paredes apresentam fissuras e trincas, devendo efetuar o desalojamento da área e acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193, ou a Defesa Civil no número (87) 99900-3333", finalizou.

Aquilles Soares

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.