Desmistificando a Sanfona leva cultura do acordeom para 250 crianças

Foto: Edmea Ubirajara

Visando promover a aproximação cultural, a Secretaria de Turismo e Cultura de Garanhuns levou até o ambiente escolar o projeto Desmistificando a Sanfona. Em parceria com a Secretaria de Educação, a iniciativa, que ocorreu durante toda a semana, foi a cinco escolas municipais. Durante cinco dias, 250 crianças, em média, tiveram acesso aos princípios da sanfona, o histórico do instrumento e quais os principais tipos de músicas que a utilizam como base. A ação faz parte da programação do Viva Dominguinhos, que será realizado de 20 a 22 deste mês.

Conduzido pelo professor e músico Éder Santos Batista, a atividade chegou aos alunos do Instituto Bíblico do Norte (IBN) e das Escolas Giselda Vieira Belo; Virgília Garcia Bessa, na comunidade quilombola Castainho e Hanser Alexandre, localizada no bairro Magano. Encerrando a programação, os alunos da Escola Amélia Maria, no bairro Liberdade, realizaram uma homenagem aos músicos. Ao chegar no local, eles foram surpreendidos com os alunos vestidos à caráter e ainda apresentando a vida e obras de Dominguinhos, que também é apresentado pelo Desmistificando a Sanfona. “Eles encenaram uma música narrando toda a história de Dominguinhos, só precisamos complementar”, detalha Éder.

A gestora da Escola Amélia Maria, Edna Albuquerque, agradeceu a inclusão da unidade no projeto. “Eu adorei e os alunos também adoraram, até pela participação deles em todo o processo. É um resgate cultural e as nossas crianças estão precisando valorizar o que vem da nossa origem, da nossa terra. É um estímulo para o interesse pela música e pelos instrumentos”, afirmou.

O músico reitera a informação da gestora e explica que o objetivo do Workshop não é ensinar a tocar a sanfona, mas sim repassar um pouco da produção pernambucana e valorizar a cultura local. “A nossa intenção é que eles possam escutar mais músicas de Dominguinhos e de outro artistas. Mesmo que eles não venham a tocar sanfona, podem se dedicar a outros instrumentos. Acredito que a gente conseguiu contribuir nesse sentido, de buscar a música como instrumento de terapia e até um complemento para os estudos na própria escola”, finaliza.

O Desmistificando a Sanfona se encerrou semana passada, mas outras intervenções estão sendo realizadas na cidade como preparação para o Viva Dominguinhos. O evento ocorrerá em dois polos, de 20 a 22 de abril, com artistas locais e nacionais em shows gratuitos.

Edmea Ubirajara

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.