Conheça o Festival Nacional de Jericos em Panelas-PE

abril 30, 2017
A iniciativa e criatividade de professores e alunos para defender uma causa, criaram uma tradição que dura mais de 40 anos. Conheça o Festival Nacional de Jericos de Panelas-PE.

Festival Nacional de Jericos de Panelas-PE

Criado em 1973 e realizado no Dia do Trabalhador, o Festival Nacional de Jericos é um dos eventos mais populares da região. Realizado há mais de 40 anos na cidade de Panelas, movimenta a economia local, expõe a cultura e atrai milhares de turistas para o município.

O evento é realizado entre os meses de abril e maio, com a tradicional corrida de jericos que acontece no Dia do Trabalhador (1ºde Maio), é a principal atração da festa. O jerico por ser um animal sofrido e muito usado antigamente para o trabalho de transporte, aração entre outros foi escolhido para dar nome a o festival e ser a homenagem do dia trabalhador.

No principal dia do evento (1ºde Maio) além da corrida de jericos, acontece diversas apresentações culturais, shows com diversas bandas musicais e até concurso de jerico fantasiado.


Saiba tudo sobre esse festival através do link #FestivalNacionaldeJericos.

Guilherme Amarino

Morre aos 70 anos o cantor Belchior

abril 30, 2017
Foto: Divulgação

Morreu na noite de sábado (29), aos 70 anos, o cantor e compositor Antônio Carlos Belchior, o Belchior. Um dos maiores gênios da MPB, se despede da vida anos depois de ter se despedido dos palcos, afundado em dívidas, crises existenciais , angústia e desvalorização de uma música que a cada ano que passa vem se despedindo das rádios e dos palcos. O cearense fez contribuições históricas a música popular brasileira com canções como Apenas um rapaz latino-americano, Falso brilhante, Como nossos pais , Velha roupa colorida e A Palo Seco.
A causa da morte não foi divulgada pela família. O enterro do cantor será em Sobral no Ceará, sua cidade natal.

Amannda Oliveira

Prefeitura faz Audiência Pública de Prestação de Contas

abril 30, 2017
A Prefeitura de Arcoverde realiza na próxima quinta-feira, dia 04 de maio, a Audiência Pública de Prestação de Contas do Município do último quadrimestre de 2016. Na ocasião, será apresentado um balanço da gestão 2013 a 2016, bem como serão discutidas a revisão do Plano Plurianual (PPA), a Lei Orçamentária Anual (LOA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

O evento será realizado na Câmara de Vereadores de Arcoverde e começa às 9h da manhã. A Prefeitura convida todos os moradores e moradoras da cidade a participar do evento.

ASCOM

Garanhuns sedia etapa do circuito pernambucano de natação

abril 29, 2017

Neste sábado (29), o SESC/Garanhuns vai ser sede em seu Parque Aquático a 2ª etapa do 20º Circuito Pernambucano Masters de Natação, competição promovida pela Associação de Nadadores Máster de Pernambuco (ANMPE). Esta será a segunda oportunidade em que uma etapa do Circuito é realizada no interior do Estado, sendo Garanhuns a única cidade a ser sede  deste evento no interior.
A etapa contará com a participação de 118 atletas com idades acima de 20 anos. Eles irão competir em quatro estilos de modalidade: nado livre, costas, peito e borboleta. A Equipe de Natação do SESC/Garanhuns, atual bicampeã do Circuito (2015 e 2016) participará da competição com 24 atletas, com idades entre 21 e 62 anos de ambos os sexos.
“Os atletas da equipe do Sesc/Garanhuns representam a entidade em nível estadual, juntamente às unidades de Piedade e Goiana, formando uma só equipe. Atualmente estamos em 2º lugar no ranking geral da competição e, em casa, vamos lutar pela liderança”, registra Mano Pereira, técnico da equipe de Natação do SESC/Garanhuns. A competição terá início às 13h e a entrada é gratuita.
Gabriela Ramos

Em Garanhuns, asfalto em duas vias do Magano modificará o trânsito na próxima semana

abril 29, 2017
Foto: Edméa Ubirajara

Após a realização da primeira fase de pavimentação asfáltica que beneficia duas ruas do bairro Magano, tem início na próxima terça-feira (02) outra etapa da obra. A pavimentação asfáltica das ruas Darcy Medeiros e Julião Cavalcanti estavam previstas no cronograma de obras da Prefeitura e eram solicitadas há décadas pelos moradores do entorno. De acordo com a Secretaria de Obras, o material utilizado na pavimentação é um dos tipos de revestimentos asfálticos mais utilizados nas vias urbanas e rodovias brasileiras, o CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente).
Para que a fluidez do trânsito não seja alterada, a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) reforça que durante o período da ação de melhoria, os condutores poderão utilizar a avenida Sátiro Ivo – que funcionará como mão dupla até o término da obra, previsto para a quinta-feira (04).

ASCOM

Polo Caruaru sedia neste fim de semana I Etapa do Curcuito Ibra de Tênis de Mesa

abril 28, 2017

O Polo Caruaru será sede da primeira etapa do Circuito Ibra de Tênis de Mesa, válido para o ranking pernambucano da modalidade. As partidas acontecem neste fim de semana, sempre a partir das 9h.
Serão disputados jogos nas categorias Rating, nível técnico, em que não há distinção de idade. No sábado, têm as partidas Rating Feminino A, B e C e Rating Masculino F e E. No domingo, serão as partidas Rating Masculino D, B, C e A. As mesas estão montadas no espaço de eventos que fica em frente ao Armazém da Criatividade.
As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas pelo WhatsApp (81) 99313-9096 ou nos dias do evento no Polo Caruaru. Os preços das inscrições são R$ 20,00 para Rating Feminino A, B e C; R$ 25,00 para Rating Masculino C, D, E, F e G; e R$ 30,00 para Rating Masculino A e B.
Os organizadores esperam a participação de 100 a 150 atletas de Pernambuco e de outros estados. Paraíba e Alagoas já confirmaram a participação.

Serviço
I Circuito Ibra de Tênis de Mesa
Datas: 29 e 30 de abril de 2017
Local: Espaço de Eventos do Polo Caruaru, em frente ao Armazém da Criatividade
Inscrições: R$ 20,00 para Rating Feminino A, B e C / R$ 25,00 para Rating Masculino C, D, E, F e G / R$ 30,00 para Rating Masculino A e B pelo Whatsapp (81) 99313-9096 ou no Polo
Caruaru no dia do evento.

Cláudio Rodrigues

Conversando sobre Suicídio

abril 28, 2017

Psicólogo Luís Massilon Filho - CRP: 02/16085
CLIPA – Clínica de Psicopedagogia de Arcoverde
Rua Sérgio de Souza Padilha, 19 – Alto Cardeal

Arcoverde/PE – Fones: (87) 3822.1321 / 9.9903.0064

conversando sobre SUICÍDIO


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), suicidam-se, por dia, 3 mil pessoas. Uma a cada 40 segundos. E, por cada pessoa que se suicida, 20 ou mais cometem tentativas de suicídio. Estima-se que, em 2020, o número de suicídios atinja 1,5 milhões por ano. Apresentamos aqui algumas informações importantes. 
O que leva ao suicídio
Definido pela OMS como um ato deliberado, iniciado e levado a cabo por um indivíduo com pleno conhecimento ou expectativa de um resultado fatal, o suicídio é, possivelmente, o ato mais perturbador e intrigante do ser humano. Normalmente, o suicídio é equacionado como a forma de acabar com uma dor emocional insuportável causada por variadíssimos problemas, sendo frequentemente considerado como um pedido de ajuda. As razões que levam o indivíduo a violar o instinto primário da sobrevivência são difíceis de compreender. As teorias recentes defendem que pode haver uma predisposição individual para o suicídio, que é ativada, ao longo da vida, por experiências negativas precoces (experiências traumáticas) que vão dar origem a um padrão de pensamento negativo. Os números apontam-nos um grande culpado. Mais de 50% das pessoas que se suicidaram sofriam de depressão. Contudo, José Manuel Temóteo, psiquiatra, explica que o quadro depressivo não está sozinho no banco dos réus. “O suicídio pode constituir uma reação de inadaptação a uma mudança ou um ato de vingança que sublinha o rancor”, refere o médico. Independentemente das causas, o suicídio resulta sempre da consolidação de emoções negativas e de estresse. Situações de separação, divórcio, luto recente, solidão, desemprego, mudança ou perda recente de trabalho, problemas escolares ou laborais, doença grave ou crônica e dependência de drogas e álcool podem, efetivamente, resultar numa resposta negativa e conduzir ao suicídio. “O que encontramos nos suicidas é a associação de um alto grau de desesperança a uma grande incapacidade de resolver problemas”, afirma o clínico.
Questão psicológica
O perfil psicológico do indivíduo desempenha um importante papel na forma como reage às circunstâncias que lhe vão sendo oferecidas ao longo da vida. Há, no fundo, um mecanismo de adaptação que se cumpre de forma mais adequada ou menos adequada e que pode, inclusivamente, ser variável ao longo do tempo.
A morte como solução para todos os males
A vida é impermanente, a capacidade de adaptação às circunstâncias pode ser bastante variável. O que acontece no suicídio é que a morte consolida a solução, petrifica a vida, terminando-a. O suicídio é o ato mais individual do ser humano. Contudo, como qualquer fenômeno humano, implica um entendimento biopsicossocial. Para lá das características psicológicas do indivíduo, há que ter em conta as suas dimensões sociais e biológicas. O isolamento, a sensação de desintegração social e de não pertença detém um peso significativo na decisão suicida.
O que revelam os números
Os índices revelam que as pessoas sozinhas, solteiras, divorciadas ou viúvas se suicidam mais do que as outras. Pessoas com redes sociais de apoio, com família próxima e amigos chegados, que estabelecem laços fortes têm mais hipóteses de receber ajuda no caso de estarem em crise. Além disso, a existência de padrões sociais no suicídio indica que há critérios de sazonalidade, geográficos, laborais, de gênero (feminino e masculino), etários, entre outros, a ter em linha de conta. Há ainda indicadores que apontam para a existência de um importante fundo genético na questão suicida. Por um lado, porque o suicídio se encontra relacionado com a doença mental grave, muitas vezes de natureza hereditária, por outro porque há evidência de histórias familiares de suicídio. A revista Time refere que foi recentemente identificado um gene (SKA2) bastante importante no controle dos sentimentos negativos e no controle da impulsividade que, por este motivo, pode interferir na ideação suicida.
Ato planejado ou impulso fatal?
O suicídio pode demorar a ser pensado e planejado ou constituir um ato impulsivo, consumado num momento. A impulsividade é um dos fatores mais importantes no suicídio, uma vez que a rapidez com que se passa do pensamento ao ato pode constituir um fator de risco acrescido. Nos jovens, a impulsividade detém um importante papel. Os adolescentes vivem com grande intensidade o momento presente, não tendo grande capacidade para se projetarem no futuro. Interessa o agora, com toda a carga positiva e negativa que o agora detém. Os dados estatísticos indicam que, em comparação com o restante da população, os adolescentes apresentam uma elevada taxa de tentativa de suicídios, mas uma menor taxa de suicídios consumados. Quadros de depressão, abuso de substâncias tóxicas, esquizofrenia, doença bipolar e outras perturbações mentais estão presentes em grupos que revelam um maior índice de suicídios. Em comum têm a desesperança. Aquilo que parece ser transversal aos suicidas é a falta de esperança, o sentimento profundo de uma angústia sentida como sendo irremediável.
Desespero e angústia
Existem aspectos fundamentais que estão na base da ideia do suicídio e da sua concretização. O suicida encontra-se envolto numa dor psicológica intolerável, revela perda de autoestima e incapacidade para suportar a dor psicológica, contempla menos horizontes e desempenha menos tarefas, revela isolamento (sensação de vazio e de falta de amparo), desesperança e egressão (fuga como única solução para acabar com a dor intolerável). O estresse pós-traumático pode evoluir para quadros depressivos que se encontram associados a fortes sentimentos de desesperança. “Vivenciar uma experiência de total perda de controle sobre o seu desfecho, uma situação de perigo de morte iminente, é profundamente dramático e pode tornar-se numa situação patologizante”, afirma José Manuel Temóteo. O que parece acontecer é que se o passado é depressão e o futuro é ansiedade, o medo incontrolável e crônico é a porta de entrada de perspectivas negativas em relação ao futuro e um dos principais fatores de risco e preditores de suicídio.
A importância dos sintomas
“A capacidade de avaliar o risco de um doente se suicidar é”, de acordo com mesmo especialista, “a competência clínica mais exigente que um médico psiquiatra tem de adquirir”. Sintomas como desesperança, humor deprimido, sentimentos de culpa e/ou fracasso, desespero, inquietação ou agitação, insônia persistente, perda de peso, gestos lentos, discurso pobre, cansaço, isolamento social e ideação suicida (com plano definido) requerem atenção extrema. É ainda necessário dar especial atenção às pessoas que já tentaram suicídio anteriormente, indivíduos com história familiar de suicídio, adolescentes com depressão ou distúrbios de conduta e idosos nas fases iniciais de demência e estados confusionais.
Ao contrário do que vulgarmente se pensa, dois terços dos suicidas expressam as suas intenções, sendo que um terço procura o médico um mês antes do suicídio, pelo que comentários acerca da morte e do suicídio são sinais preocupantes. É muito frequente pessoas com comportamentos suicidiários darem sinais de alarme (preparar documentos, dar objetos pessoais de valor sentimental elevado, escrever cartas ou notas aos amigos) consciente ou inconscientemente, o que indicia a esperança de serem salvas. É necessário perceber que o suicídio é, sobretudo, o meio que encontram para dar fim à sua dor, o objetivo principal é parar o sofrimento e não exatamente por fim à sua vida. Quando ajudadas a tempo, as pessoas podem entender que há outras formas de resolver as suas circunstâncias e que há quem se encontre empenhado em ajudá-las. Mas também há casos em que o suicida quer realmente morrer, não dando qualquer sinal para não levantar suspeitas. Estes são, sem dúvida, os casos mais difíceis de prever e de intervir.
Texto baseado nos estudos da Psicóloga  Ana Celeste Sapp.

Luís Massilon Filho é psicólogo especialista em Psicomotricidade e Psicologia do Desenvolvimento e Professor dos Cursos de Psicologia e Pedagogia da AESA, além de Psicólogo Clínico.

NOTA: Campeonato Feminino de Futebol é adiado em Arcoverde

abril 28, 2017
Em virtude do time de futebol feminino 7 de Setembro de Garanhuns não está apto para participar do Campeonato Feminino de Futebol, por dívidas financeiras com a federação, a partida que aconteceria no próximo domingo (30/4), será no dia 7 de maio, a partir das 15h, no Estádio Municipal Áureo Bradley.

A competição contará em sua partida inicial com os times Flamengo de Arcoverde  e Vitória, possuindo o intuito lançar a campanha municipal ‘A regra é clara: violência contra a mulher é jogo sujo’, promovida pela Coordenadoria da Mulher de Arcoverde.

O objetivo da campanha é estimular o debate sobre medidas relacionadas ao combate da violência contra a mulher no município, encorajando vítimas existentes no anonimato para que elas possam denunciar a realidade que atravessam. As ações desenvolvidas pela Coordenadoria da Mulher de Arcoverde serão contínuas durante toda a competição, de forma educativa e sensível às mulheres vítimas de violência na cidade.   

O ingresso da partida, que custa o valor de R$ 5,00 terá a renda revertida na primeira partida para a senhora Maria Aparecida, recentemente vítima de violência pelo companheiro na cidade de Arcoverde, o qual ocasionou a destruição de sua residência em um ato de incêndio proposital.

Serviço:
Amistoso do Campeonato Feminino de Futebol (Flamengo de Arcoverde x Vitória) e lançamento da campanha ‘A regra é clara: violência contra a mulher é jogo sujo’
Quando: domingo, 30 de abril de 2017
Local: Estádio Municipal Áureo Bradley (Av. Pinto de Campos, s/nº, centro de Arcoverde)
Horário: a partir das 15h
Ingressos: R$ 5,00 (cinco reais)

ASCOM

1ª Semana Literária Saberes e Sabores mobiliza estudantes das escolas municipais

abril 28, 2017

Começa nesta terça-feira, dia 02 de maio, às 14h, a 1ª Semana Literária Saberes e Sabores da Cultura Nordestina, uma iniciativa da Secretaria de Educação da Prefeitura de Arcoverde, que vai ser realizada na Biblioteca Municipal. Até a sexta-feira, dia 05, haverá uma programação com muita música, contação de estórias, poesia e cantadores populares. A Semana vai ser encerrada com o lançamento do projeto Ecofuturo, que terá como tema “Mãe Natureza, Leitura, Música e Poesia”.

Para o primeiro dia, já estão confirmadas a presença dos poetas e cantadores Márcia Moura, Elizabete Moura, Leandro Vaz, Rafael e Inaldo Tenório. Na quarta-feira, dia 03, a partir das 8h30, a festa começa com as poesias do professor Carlos Alberto, seguido de Edvaldo Lima e Edilza Vasconcelos.

No dia 04 de maio, quinta-feira, a programação começa às 13h30, com Ivanildo Bezerra, Diosman Avelino, Juliana Aguiar, Tom Lima e Cléa Camelo. E no último dia, na sexta-feira, dia 05, também a partir das 13h30, professores e alunos poetas da rede municipal vão preparar um grande encerramento, com uma apresentação especial de Assis Calixto, do Coco Raízes. Participam também, Voyle Lucena, Iara Kiria e Cleonice Marques.

ASCOM/PMA

Maio Amarelo contará com extensa programação em Garanhuns

abril 28, 2017
Com o objetivo de chamar a atenção da população de Garanhuns para o alto índice de mortes e feridos no trânsito, a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) aderiu, mais uma vez, ao movimento internacional Maio Amarelo. Durante todo mês de maio, uma extensa programação, incluindo palestras, blitze educativas e orientações nas principais faixas de pedestre da cidade, será vivenciada.

Neste ano, o tema central da campanha é “Minha Escolha Faz a Diferença”. A marca com o laço na cor amarela faz referência à atenção exigida no trânsito. De acordo com a organização nacional do movimento, temas foram escolhidos, estrategicamente, para serem colocados em pauta, ampliando a reflexão para diversos públicos e momentos, entre eles motoristas, pedestres, ciclistas, motociclistas e sociedade em geral.

Programação – A partir da terça-feira (02), iniciam as palestras nas escolas municipais. Ao todo, serão 37 instituições beneficiadas. As blitze vão ocorrer semanalmente; assim como as abordagens a pé nas principais avenidas e ruas da cidade, com grande fluxo de veículos e pedestres, para entrega de material informativo.

Maio Amarelo Mundial – A escolha do mês de maio foi motivada por uma proposta da Organização das Nações Unidas (ONU), quando decretou a década de ação para segurança no trânsito, em 2011. A partir de então, o mês é proposto pelos órgãos de trânsito de todo o mundo.

Cloves Teodorico

Projeto de difusão do forró chega à Torre Malakoff

abril 28, 2017
Divulgação
A Torre Malakoff sedia neste sábado (29) o projeto Ciranda da Gente. O nome do projeto reflete o sentido da grande roda cultural – as singularidades e as diferenças, que é marca de pluralidade cultural pernambucana, já reconhecida nacional e internacionalmente. A cada edição do projeto, a meta é realizar uma ação formativa (workshop) e duas apresentações artísticas.

Em parceria com a Fundarpe, que faz a gestão da Torre Malakoff, onde acontecerão todas as edições do projeto, a programação começa com um workshop, das 15h às 16h, com Adelmo Arcoverde e o Bando de Viola, que na sequência fará uma apresentação do seu repertório. O grupo Rabecado encerra a programação, com show a partir das 18h30.

A iniciativa é do Sesc, baseada em seus princípios da promoção dos direitos culturais e da diversidade cultural. Executado pelo Centro de Difusão e Realizações Musicais do SESC Casa Amarela, a temática do projeto Ciranda da Gente este ano é Viola, Forró e Repente.

O objetivo é solidificar uma ação cultural que favoreça o intercâmbio cultural e fruição estética contínua entre os artistas formados pela tradição oral e outras gerações de músicos cujas produções musicais bebem na fonte da cultura de raiz, ao mesmo tempo em que trabalham com vertentes da música popular brasileira. Visa também oferecer para a sociedade o acesso à uma programação musical de qualidade.

Serviço
Projeto Ciranda da Gente – Viola, Forró e Repente
Quando: Sábado (29), a partir das 15h
Onde: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, Bairro do Recife)
Entrada gratuita

Fundarpe

Arcoverde adere ao Programa Criança Feliz

abril 28, 2017

Prefeitura de Arcoverde realiza, nesta sexta-feira (28), a partir das 9h, o Seminário de apresentação do Programa Criança Feliz - Arcoverde. No encontro, haverá a conferência sobre os impactos do desenvolvimento infantil no desenvolvimento local, proferida pelo médico e consultor do programa do governo federal, Cláudio Duarte.
O evento marcará o início da estruturação do Programa Criança Feliz no município com assinatura pela Prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, do Decreto Municipal de criação do Comitê Gestor para as Políticas da Primeira Infância.

O programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário tem como finalidade promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento integral na primeira infância, com a realização de visitas periódicas a famílias que são beneficiadas pelo Bolsa Família e que possuem bebês ou crianças de até três anos de idade, o programa visa mostrar aos pais a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente, nos primeiros mil dias de vida. 

Estão confirmadas as presenças do presidente do Instituto de Qualidade no Ensino (IQE), Marcos Magalhães, e do consultor do Ministério de Desenvolvimento Social, autoridades locais e representantes da sociedade civil organizada.

 Em todo o Brasil, 2.529 municípios já aderiram ao Criança Feliz.Os municípios não terão custo nenhum, mas serão responsáveis pela gestão do programa e contratação dos visitadores. Em Arcoverde, a implementação do programa irá monitorar e avaliar as ações para a promoção do desenvolvimento infantil integral das crianças de 0 a 5 anos, 11 meses e 29 dias, a partir do ciclo gravídico puerperal.

Serviço:
Seminário de apresentação do Programa Criança Feliz – Arcoverde
Quando: sexta-feira, 28 de abril
Horário: às 9h
Local: Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL (Rua Prudente de Morais, n. 129, Centro –Arcoverde)
Evento aberto ao público

ASCOM/PMA

Sesc Arcoverde define nova data da Feira Troca-Troca de Livros e Gibis

abril 28, 2017
Evento será realizado no dia 25 de Maio e as doações podem ser feitas até a véspera



O Sesc Arcoverde definiu a nova data da 6ª edição da Feira Sesc Troca-Troca de Livros de Literatura e Gibis. O evento que seria realizado nesta sexta (28/04) foi adiado para o dia 25 de Maio, às 16h30. E para quem tem doações a fazer, a entrega deve ser feita na Biblioteca do Sesc Arcoverde até o dia 24 de Maio, das 9h às 22h, e os exemplares devem estar em bom estado de conservação.

Na Feira, estarão à disposição do público livros de poesias, de literatura infantil, infanto-juvenil (paradidáticos), de ficção, romances, gibis, entre outros. Para cada livro ou gibi doado, será entregue um cupom para a aquisição de outros títulos no dia da Feira. Também haverá atividades para as crianças como contação de história, brincadeiras e distribuição de algodão doce.

O objetivo principal da Feira Troca-troca de Livros de Literatura e Gibis é o de incentivar o gosto pela leitura, facilitar a aquisição de livros e estimular a doação e o intercâmbio de conhecimentos. Na edição realizada no ano passado, o Sesc Arcoverde conseguiu arrecadar mais de 500 exemplares. Também em 2016, os títulos não trocados foram doados às instituições credenciadas ao Banco de Alimentos.

Serviço
Feira Sesc Troca-troca de Livros de Literatura e Gibis em Arcoverde
Data: 25 de maio de 2017
Horário: 16h30
Local: Sesc Arcoverde
Entrega de livros e gibis: até 24/5, na Biblioteca do Sesc Arcoverde, das 9h às 22h 

Claudio Rodrigues

Medida Provisória permite registro de crianças nas cidades onde os pais residem

abril 28, 2017
Até então, somente poderia constar na certidão municípios que tivessem maternidades. Alteração beneficia as famílias e as regiões que ficaram décadas sem registrar nascimentos



A Medida Provisória 776/2017 publicada nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial da União (DOU) vai beneficiar milhares de famílias e regiões brasileiras que ficaram décadas sem registrar nascimentos. A partir de agora, os pais poderão escolher entre registrar o local de sua residência ou o local de nascimento da criança. O texto, assinado pelo Presidente da República, Michel Temer, altera a Lei nº 6.015/73, que dispõe sobre os registros civis públicos.

“Até então, por força de lei, os pais eram obrigados a registrar os filhos na cidade de nascimento, ou seja, nos municípios que contam com maternidades. Agora, eles também podem optar por registrar as crianças na cidade onde a família mora, o que não era permitido”, explicou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Com a iniciativa, além de beneficiar o lado emocional e estimativo das pessoas, o Governo Federal poderá controlar melhor as natalidades, os dados de epidemiologia e mapear todos os municípios brasileiros para desenvolvimento de ações e políticas públicas, facilitando o trabalho de acompanhamento por parte dos profissionais que atuam pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, além de beneficiar as famílias, inciativa atende a um pedido antigo dos municípios que não tem maternidades e, a partir de agora, poderão registrar nativos de sua localidade. A Medida Provisória já tem validade e, a partir desta quinta-feira, os cartórios estão autorizados a receber e registrar as crianças nas cidade onde os pais residem.

Ministério da Saúde

Kits vão promover reflexão sobre cultura afro-brasileira nas escolas

abril 28, 2017
Discutir a cultura afro-brasileira, promover a igualdade, combater as diversas formas de preconceito e despertar a consciência sobre a questão racial em escolas públicas do País. Com esse objetivo, a Fundação Cultural Palmares, por meio do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (CNIRC), vai distribuir milhares de kits do Projeto Conhecendo a Nossa História: Da África ao Brasil, que reúne o livro O que Você Sabe sobre a África?, que narra a trajetória do povo afro-brasileiro, e uma revista de palavras cruzadas Passatempo. 
 
A iniciativa resulta de parceria entre a Fundação Palmares, instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), e o Ministério da Educação (MEC). Em um primeiro momento, em projeto-piloto, 17 cidades das cinco regiões receberão 30 mil kits. A distribuição começa nesta quinta-feira, das 8h às 17h, em escolas da Serra da Barriga, em União de Palmares (AL). 
 
Além da Serra da Barriga, o piloto será implantado em escolas de Salvador e Santo Amaro da Purificação, na Bahia; Maceió, em Alagoas; Macapá e Curiaú, no Amapá; Belém, no Pará; Rio de Janeiro e Paraty, no estado do Rio de Janeiro; Belo Horizonte e Contagem, em Minas Gerais; Porto Alegre e Pelotas, no Rio Grande do Sul; Florianópolis, em Santa Catarina; Campo Grande, em Mato Grosso do Sul; e Gama e Ceilândia, no Distrito Federal. Cada cidade vai receber pelo menos mil kits com o livro e a revista de palavras cruzadas. 
 
Entre os critérios para selecionar as escolas participantes destacam-se a localização em área quilombola, ser de educação quilombola e do Ensino Fundamental. Erivaldo Oliveira, presidente da Fundação Palmares, destaca que não se trata apenas de distribuir os kits, mas incentivar a reflexão sobre os temas abordados na publicação. "Queremos falar de valorização da diversidade, tolerância religiosa, luta contra o racismo e o preconceito, combate ao bullying, fatos históricos da população negra, moda, artes, economia e turismo e tantas outras questões", destaca.  
 
Para que esse processo ocorra, um professor efetivo concursado participará de uma capacitação do projeto sobre os kits. Depois, caberá a esse profissional multiplicar os conhecimentos recebidos junto a outros docentes, para que se promova o debate nas salas de aula. A intenção é que os estudantes leiam o livro e depois tentem resolver as palavras cruzadas. 
 
O desenvolvimento das ações do Conhecendo a Nossa História: Da África ao Brasil começam com reuniões técnicas entre a Fundação e os municípios. Já ocorreram esses eventos na Bahia e em Alagoas, neste mês de março. 
 
Após o lançamento e implementação do trabalho com os kits, a Fundação Palmares pretende realizar um workshop para avaliar os resultados do projeto junto com os participantes. 

Informações:ASCOM

Projeto aprovado em comissão simplifica abertura de empresas

abril 28, 2017
Lucio Bernardo Jr.
A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou proposta, do Senado Federal, que propõe medidas para simplificar os procedimentos de registro e cancelamento de empresas.

Entre outros pontos, a proposta habilita órgãos estaduais e municipais como agentes operacionais do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), com o objetivo de evitar a duplicação de registros.

O texto aprovado foi um substitutivo do deputado Assis Carvalho (PT-PI) ao Projeto de Lei 411/07. Na avaliação do relator, o texto original contém dispositivos “tecnicamente deficientes, que ameaçam a eficácia da administração tributária e podem refletir-se negativamente sobre a arrecadação”. O parlamentar optou por substituir as medidas do texto original por sugestão do deputado Paulo Azi (DEM-BA), que apresentou voto em separado.

Ainda segundo Assis Carvalho, grande parte das iniciativas para diminuir o excesso de burocracia que constavam no projeto já foram adotadas pela Lei 11.598/07, que criou a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim).

Funcionamento imediato
Com isso, a nova versão insere um dispositivo na lei para prever que empresas cujas atividades sejam classificadas como de baixo risco possam funcionar imediatamente após o fornecimento de dados e a comprovação do cumprimento de exigências perante o Redesim.

A legislação já prevê que, salvo nos casos de atividades com grau de risco elevado que exijam vistoria prévia por órgãos públicos específicos, as empresas podem iniciar imediatamente suas atividades mediante a licença de funcionamento provisório.

Tramitação
A proposta, que tramita com prioridade, ainda será analisada de forma conclusiva pela Constituição e Justiça e de Cidadania.

Agência Câmara de Notícias

Aberta convocatória para as atrações artísticas do São João 2017 de Arcoverde

abril 28, 2017

A Prefeitura de Arcoverde através das Secretarias de Turismo e Cultura e Comunicação, abre nesta sexta-feira, dia 28, a convocatória para artistas, bandas e similares interessados em compor a grade de apresentações dos polos juninos oficiais e alternativos do São João de Arcoverde 2017. A convocatório foi publicada no seu site oficial da prefeitura com todas as informações que os artistas devem seguir para participar.

Segundo as informações contidas no edital, serão aceitas inscrições nos segmentos de forró pé de serra, MPB, música regional, Rock, Pop, contemporâneo, grupos culturais de samba de coco, reisado, maracatu, ciranda, bois e similares; quadrilhas juninas (inclusive de pernas de pau), poetas repentistas, declamadores e emboladores, além de grupos de danças folclóricas, entre outros.

O artista deve encaminhar release, histórico, fotos, DVD, CD (se tiver), ou indicação de postagem na internet. 
São documentos de habitação para o Proponente Pessoa Física: 

a) Cópia autenticada de RG e CPF; 
b) Cópia autenticada de comprovante de residência ou de endereço (no máximo de 03 meses antes da inscrição); 
c) Certidão Negativa de Débito Municipal do domicilio ou sede do Proponente; 
d) Certidão Negativa de Débito Municipal de Arcoverde; 
e) Certidão Negativa de Débito com a Fazenda do Estado, do domicilio ou sede do Proponente; 
f) Certidão Negativa de Débitos relativos a Tributos, a Contribuições e a dívida ativa da União; 
g) Certidão Negativa de Débito Trabalhista emitida pelo Tribunal Superior do Trabalho; 
h) Termo de Responsabilidade (anexo III) assinado pelos pais ou responsáveis, em caso de participação de menores de 18 anos nas apresentações artísticas, anexando cópia autenticadas dos documentos dos Menores; 
i) Comprovante da conta corrente do proponente; 
j) Cópia autenticada, com foto de integrantes da atração; 
k) Declaração, com cópia autenticada do documento do representante da atração que aparecerá na foto. 

São documentos de habitação para o Proponente Pessoa Jurídica: 

a) Cartão do CNPJ atualizado; 
b) Cópia autenticada do Contrato Social e/ou atos constitutivos e alterações; 
c) Cópia autenticada de comprovante de residência ou de endereço (no máximo de 03 meses antes da inscrição); 
d) Cópia autenticada do CPF e RG do representante legal da Pessoa Jurídica. 
e) Certidão Negativa de Débito Municipal do domicilio ou sede do Proponente; 
f) Certidão Negativa de Débito Municipal de Arcoverde; 
g) Certidão Negativa de Débito com a Fazenda do Estado, do domicilio ou sede do Proponente; 5 
h) Certidão Negativa de Débitos relativos a Tributos, a Contribuições e a dívida ativa da União 
i) Certidão Negativa de Débitos do FGTS - CRF 
j) Certidão Negativa de Débito Trabalhista emitida pelo Tribunal Superior do Trabalho; 
k) Comprovante do Simples Nacional, se for o caso (Anexo VII). 
l) Declaração de não empregar menor (Anexo III); 
m) Comprovante da conta corrente do proponente; 
n) Cópia autenticada, com foto de integrantes da atração; 
o) Declaração, com cópia autenticada do documento do representante da atração que aparecerá na foto. 

As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira na Secretaria de Turismo e Eventos, das 09h às 13hs, ou através e-mail saojoaodearcoverde2017@gmail.com, com todos os documentos exigidos, até às 18h do dia 11 de maio. 

A Convocatória completa está disponível no link https://goo.gl/gFzWXI.

Amannda Oliveira

Conselho de Preservação acata pedido de tombamento do Casario de Pesqueira

abril 28, 2017
Marcus Prado/Cortesia
O Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC) aprovou, o pedido de tombamento do casario da cidade Pesqueira, referente aos imóveis 23, 39, 49, 57,65 e 71 da Rua Cardeal Arcoverde, localizada no centro do município.
O parecer, apresentado pelo conselheiro Marcus Prado, destacou o “estado de conservação das casas e de seus traços arquitetônicos, que estão bem preservados”, conforme diagnosticou o exame técnico elaborado pelo corpo técnico da Gerência de Preservação do Patrimônio Cultural da Fundarpe. “O casario mantém as suas características arquitetônicas traçadas nos anexos do processo, não oferecendo, presentemente, nenhum indício ou sinal de descaracterização”, disse Prado.
Além disso, o relator do processo fez questão de colher informações entre os moradores e atuais proprietários dos imóveis, que ressaltaram que o “tombamento garantirá a proteção, através do poder público, desses bens de valores arquitetônicos, históricos e afetivos imensuráveis, demonstrando assim a capacidade do pesqueirense em investir na construção de imóveis com riqueza de traços característicos de um tempo áureo da cidade, além da determinação de conservar os imóveis sem descaracterizá-los”.
Os conselheiros acataram o pedido por maioria dos votos e solicitaram que a Fundarpe apresente, no período de dez dias, o polígono de tombamento dos imóveis.
Uma vez apresentadas as observações recomendadas pelo CEPPC à Fundarpe, o processo retorna à Secult-PE, que o encaminha para o governador do Estado, responsável pela publicação do decreto de tombamento. Depois de publicado, o decreto é despachado ao CEPPC, que inscreve os imóveis no seu livro de tombo.
Imóveis tombados
A Rua Cardeal Arcoverde, onde se localiza o casario, foi o primeiro arruamento do município e possui um importante papel na sua estrutura urbana, indicando o que viria um dia a ser o eixo principal de Pesqueira. Ao longo dos anos, o logradouro manteve fortes traços de sua ambiência original, que começou a tomar forma ainda em 1800, mantendo seus principais usos, tipologias e gabaritos.

A industrialização da cidade implicou na vinda de diversas inovações, que modificaram o seu aspecto urbano, mas não atingiu o eixo principal, minuciosamente estudado pela arquiteta Maria Laís Maciel Tabosa, em seu trabalho de conclusão de curso, desenvolvido como requisito para a integralização dos créditos do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco.
Nesse casario, observa-se a linha de força matriz, a espinha dorsal do que seria a cidade de Pesqueira. Mais do que isso: assinala uma fase de significativo desenvolvimento industrial, com a instalação de suas fábricas de doce, que modificou o caráter da cidade. “A instalação das fábricas dentro do eixo principal acabou marcando a paisagem da urbe. Seus monumentais edifícios se destacavam do entorno de casas térreas e suas chaminés marcavam a paisagem do município, que logo se tornou um exemplar de cidade industrial do agreste pernambucano, conhecida como Cidade das Chaminés”, relata Tabosa.
Segundo ela, porém, a diversidade de níveis dos imóveis nesse período não foi alterada, mantendo as diferentes perspectivas de visibilidade. “Não ocorreram mudanças de gabarito ao longo do eixo arquitetônico, estas são pontuais e não alteram as referidas visibilidades”, diz no seu trabalho de conclusão de curso. E acrescenta: “as edificações apresentam uma arquitetura neoclássica brasileira: casarios com platibandas corridas e decoradas; fachadas marcadas por janelas (em arcos abatidos, arcos plenos, arcos ogivais) e coberturas de duas águas em telha canal”.
O casario também é composto de calçadas altas e, segundo o que observou o conselheiro Marcus Prado em suas andanças pela cidade, “não há riscos de perdas em casos de chuvas intensas”. “Circulei pelas ruas de Pesqueira e nada encontrei, entre as suas antigas edificações, que desabonasse a vocação do pesqueirense para o zelo do seu patrimônio construído. As futuras gerações usufruirão à história dessa cidade, podendo contemplar in loco o bom gosto, a sensibilidade dos antepassados e senso de responsabilidade da atual geração”, destacou em seu parecer.
Pedido
O processo de tombamento foi aberto por solicitação do Instituto Histórico e Geográfico de Pesqueira, assinado pelo presidente José Florêncio Neto, e deferido pelo então Secretário de Turismo, Cultura e Esportes, Francisco Bandeira de Mello.

Fundarpe
Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.