Vereadora Célia Cardoso lança carta defendendo as mulheres na política



Por mais mulheres na política

Neste final de semana, os vereadores pernambucanos vão eleger a nova diretoria da União dos Vereadores de Pernambuco e a para nós, que ao longo dos últimos dois anos coordenamos a UVP Mulher temos a clareza de que o melhor caminho para que possamos avançar na luta por um Poder Legislativo mais autônomo, transparente e eficiente passa pela reeleição do vereador Josinaldo Barbosa para que, juntos, possamos fortalecer a entidade, ampliar nossa força e ajudar a transformar Pernambuco em um Estado com mais trabalho e justiça social. 

Como candidata a Coordenadora da UVP Mulher, não poderia deixar de ressaltar a força que as mulheres vem adquirindo na política, apesar de ainda sermos pouco representativas no País, podemos citar que em alguns locais a mulher vem demonstrando sua competência, equilíbrio e conquistando seu espaço. Sou vereadora em Arcoverde, presidente da Câmara Municipal, aonde 50% das cadeiras são hoje ocupada por mulheres, demonstrando que sim, a política também é lugar de mulher. Uma cidade que já foi governada por três mulheres, incluindo a prefeita atual. Fomos a primeira mulher eleita no município, em 1988, abrindo o caminho que hoje, graças a Deus e a competência feminina, ampliamos com garra, força e coragem. 

Desde que conquistamos o direito ao voto em 1932, temos lutado para fazer valer nosso papel na transformação da vida política, econômica e social do Brasil, de Pernambuco e de nossos municípios. Nosso estado tem hoje pouco mais de 14% de mulheres ocupando cargos eletivos e isso precisa mudar. Precisamos avançar.

Como coordenadora, e com a experiência de 8 mandatos como vereadora, teremos esse papel de ampliar nosso trabalho, atrair a mulher para a política, porque é partir dela que podemos fazer as transformações na economia, nas relações sociais e até familiares. Lugar de mulher é aonde ela quiser estar; não existem limites para as mulheres no mundo de hoje. Essa cultura de que lugar da mulher é em determinado local não cabe mais em nosso tempo. Precisamos trabalhar para quebrar os espaços impostos pelos interesses vigentes que reservaram para nós a casa, cuidando do marido e crianças, ou o trabalho, ajudando a prover o sustento da família. Temos e podemos ir além das limitações que nos impõem e a UVP Mulher vai seguir sendo esse instrumento para superarmos essas limitações. Vamos promover a regionalização desse trabalho, criando espaços de luta em cada região de nosso Estado.

Vamos buscar integrar o trabalho das vereadoras em todo o Estado, fortalecendo nossa participação nas grandes decisões políticas que afetam o dia a dia dos cidadãos e cidadãs de Pernambuco e nas cidades a onde estamos representando o poder legislativo. Aonde tiver uma vereadora, a UVP Mulher será o braço forte nesta luta pela ampliação de nosso espaço. O combate à violência contra a mulher e a conquista de espaços na política serão nossas grandes prioridades a frente da UVP. Como mulher, temos um olhar mais especial para questões, como: saúde, educação, políticas públicas de assistência social. E a mulher no poder tem condições de ajudar outras mulheres menos favorecidas. Esse é nosso desafio, nossa meta, ampliar e intensificar o trabalho iniciado há dois anos.

Temos muitas lutas, bandeiras antigas, como a igualdade no mercado de trabalho, por mais salários, mais direitos e também mais responsabilidades. Só teremos uma sociedade justa quando a mulher estiver plenamente emancipada, e aos homens digo que o lugar deles nessa luta é ao nosso lado. Temos que ser indivisíveis, ser um só em prol do desenvolvimento e da valorização da política. 

É com este espírito, de combatividade, luta, coragem, diálogo, que colocamos nosso nome para mais um mandato a frente da UVP Mulher. Vamos fortalecer os espaços da mulher na UVP, promover encontros que promovam uma maior interação e fortaleça nossa luta ao lado dos vereadores, importantes aliados nessa transformação cultural que vai atrair ainda mais mulheres para a política. 

Vamos construir um calendário de atividades aonde a mulher seja o foco das discussões. Temos ao longo do ano vários momentos que servirão de reflexão e debates para fortalecer essa luta da mulher na política e na vida social de nosso País, a exemplo do Dia Nacional da Mulher, no final de abril; o Dia Nacional de Luta pela Saúde da Mulher, em maio; Dia Internacional da Mulher Negra latino-americana e caribenha em julho; em setembro, o Dia Internacional contra a exploração sexual da mulher; em outubro, o Dia Nacional de Luta contra a violência à Mulher, entre outros momentos que vamos proporcionar o debate, encaminhamentos de lutas e propostas que deverão ser levadas a cada município pernambucano.

Queremos vereadores e vereadoras unidos, continuar a fazer da UVP a casa do vereador, fortalecendo uma instituição que unida pode transformar nossa sociedade e ajudar a construir um Pernambuco mais justo e solidário. 

Vereadora Célia Almeida Cardoso (PSB)
Candidata a Coordenadora da UVP Mulher

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.