Em Floresta, Paulo ressalta priorização de obras hídricas no Estado

Durante evento de acionamento da 3ª Estação de Bombeamento do Eixo Leste da Transposição, o governador e o presidente Michel Temer assinaram ordens de serviço para projetos do Ramal do Agreste

Fotos: Roberto Pereira/Sei

FLORESTA - O governador Paulo Câmara participou, nesta segunda-feira (30.01), do acionamento da terceira Estação de Bombeamento do Eixo Leste do projeto de Transposição do Rio São Francisco, localizado no município de Floresta, no Sertão de Itaparica. O ato, comandado pelo presidente Michel Temer, também contou com a assinatura de duas ordens de serviço, no valor de R$ 40,4 milhões, para o início dos projetos executivo e ambiental do Ramal do Agreste. O chefe do Executivo estadual falou sobre a importância das ações realizadas e ressaltou a necessidade de priorização de obras estruturadoras do setor hídrico de Pernambuco.

"Hoje, damos andamento a uma etapa importante do projeto da Transposição para o Nordeste. Os governadores têm feito um esforço muito grande, junto aos prefeitos, para minimizar o sofrimento da seca para a população. Mas sabemos que o fundamental aqui para a região são as obras estruturantes como a Transposição do rio São Francisco e, ao mesmo tempo, a conclusão de obras como a Adutora do Agreste, as demais adutoras e o Ramal do Agreste", afirmou. O equipamento acionado nesta segunda tem capacidade de bombear até 14 metros cúbicos de água por segundo.

Paulo destacou, ainda, que o Governo Federal tem dado prioridade às obras que compõem o projeto do rio São Francisco. "O esforço precisa ser reconhecido, mas o trabalho precisa ser incansável porque o Nordeste precisa dessa obra, que pode melhorar muito a qualidade de vida não apenas do povo pernambucano, mas dos nordestinos", concluiu.

Após acionar a Estação de Bombeamento EBV-3, o presidente da República, Michel Temer, informou que, no próximo mês de março, o Eixo Leste será entregue e que, ainda este ano, o Eixo Norte também será inaugurado. "Esta obra é importante demais para o Nordeste. O Governo Federal tem os olhos voltados para o Brasil todo, mas, particularmente, para o Nordeste do País", destacou. Temer salientou, ainda, a importância que a Transposição tem para o desenvolvimento de Pernambuco e do Nordeste. "Em breve, voltaremos aqui e vamos verificar que o desenvolvimento se deu com muito maior velocidade em Pernambuco e em outros estados nordestinas devido à Transposição".

RAMAL DO AGRESTE - As duas ordens de serviço assinadas nesta segunda-feira (30.01) viabilizarão R$ 40,4 milhões para o Ramal do Agreste. A primeira, de R$ 29 milhões, atenderá à implementação dos projetos executivos da obra. O início do serviço está previsto para o segundo semestre deste ano. Os outros R$ 11,4 milhões serão aplicados em 17 programas ambientais do empreendimento. Orçado em R$ 1,2 bilhão, o Ramal do Agreste terá 70,8 quilômetros de extensão e receberá as águas do São Francisco para abastecer 72 cidades pernambucanas.

Estiveram presentes no evento os ministros da Defesa, Raul Jungmann; da Educação, Mendonça Filho; das Cidades, Bruno Araújo; e de Minas e Energia, Fernando Filho. Também o prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz; os senadores Cássio Cunha Lima e José Mariano; os deputados federais Kaio Maniçoba, Augusto Coutinho, Fernando Monteiro, Guilherme Coelho, Efraim Filho e Hugo Mota.

ASCOM

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.