Os Caiporas de Pesqueira receberá o título de Patrimônio Imaterial de Pernambuco

Foto: Amannda Oliveira

Um dos símbolos do Carnaval de Pesqueira, os Caiporas, tradicional bloco carnavalesco que desfila que existe há 54 anos, será registrado como Patrimônio Imaterial de Pernambuco pelo Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CEPPC). A outorga oficial, segundo um dos conselheiros do órgão, Marcus Prado, deve ocorrer pelo Governo do Estado nas próximas semanas ou, no máximo, até o carnaval, em fevereiro de 2017.


De acordo com o CEPPC, vinculado à Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), o projeto de lei que solicitou o título de Patrimônio Imaterial aos Caiporas partiu da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe) e recebeu parecer favorável à concessão do mérito, após as fases de apresentação da documentação exigida pela Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco (Secult-PE) e defesa do pedido. 

O carnaval de Pesqueira possui uma forte tradição e todos os anos recebe muitos turistas, atraídos pela lenda dos Caiporas.     

Jà são patrimônios imateriais de Pernambuco reconhecidos pela Alepe:

Maracatus nação e rural
Coco de roda (Lagoa de Itaenga)
Samba de coco (Arcoverde)
Clube Carnavalesco Misto das Pás (Recife)
Missa do Peta (Tabira)
Grupos de Maracatu Rural (Nazaré da Mata)
Manguebeat (movimento)
Carnaval de Vitória de Santo Antão
Festa das Dálias (Taquaritinga do Norte)
Bloco Carnavalesco A Mulher da Sombrinha (Catende)
Festa da Batalha do Reduto (Rio Formoso)
Festa das Marocas (Belo Jardim)
Bloco das Flores (Recife)
Dança do Xaxado (Serra Talhada)
Carnaval de Olinda
Papangus (Bezerros)
Festa da Pitomba (Jaboatão dos Guararapes)
Missa do Vaqueiro (Serrita)
Cartola (sobremesa)
Dança do Brinquedo Popular Ciranda
Bloco Carnavalesco Galo da Madrugada (Recife)
São João (Caruaru)
Cachaça 
Bolo Souza Leão 
Festa da Lavadeira (Cabo de Santo Agostinho)
Conjunto Arquitetônico e Espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém (Fazenda Nova - Brejo da Madre de Deus)
Bolo de Rolo


Fonte: Secult-PE

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.