Hackers invadem site do PMDB sobre Temer com ataque a políticos

Endereço é alimentado com notícias e biografia do presidente, sem 

responsabilidade do Palácio do Planalto.




Um grupo de hackers invadiu na manhã deste sábado (31) um site do PMDB sobre o presidente Michel Temer e postou mensagens de ataque a políticos, defendendo pena de morte para congressistas.

"Eu quero pena de morte pra quem tá no congresso, vocês que deveriam responder por crime hediondo", diz o texto na página invadida (veja na imagem).

Após a invasão, durante a manhã, o site www.micheltemer.com.br ficou vários momentos fora do ar. No endereço, normalmente, são publicadas notícias, vídeos, fotos, artigos e a biografia de Temer.

O site é mantido pelo PMDB de São Paulo e, embora reproduza informações do governo, não é oficial nem de responsabilidade da Presidência da República.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o diretório regional do partido informou que técnicos já trabalhavam para restabelecer o funcionamento do endereço. Além disso, disse que o partido tomará as providências necessárias para encontrar e punir os responsáveis pela invasão.

Página normal do site do PMDB sobre Michel Temer (Foto: reprodução/www.micheltemer.com.br)
Fonte: Globo.com

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.