Publius faz último show antes de entrar em estúdio



Com influências sonoras dos anos 70, de movimentos musicais como Tropicália e Clube da Esquina, bem como da música nordestina e brasileira, Publius é um nome frequente nos palcos pernambucanos.

Aliar inovação, contemporaneidade e tradição. Essa é a proposta do cantor e compositor, Publius que carrega a sonoridade pernambucana com o sotaque da universalidade em sua música.  Com show marcado para quarta-feira (30), às 19h, no Terra Café Bar, Publius se prepara para gravar seu segundo disco “Dia de Sol”, que no momento está em fase de pré-produção. “Esse será o último show do ano, antes de entrar em estúdio para gravar, mas quem for à apresentação poderá conferir uma prévia do que está por vir” afirmou. 

No seu show, Publius canta, toca guitarra e violões e é acompanhado por Hugo Linns (baixo e samplers) e Cristano Lemgruber (bateria). No repertório canções autorais, como: Meu Horizonte, Da Saudade e O Tempo. A apresentação conta com as participações especiais de Tonino Arcoverde e Lulu Araújo. 

Sua proposta musical é marcada pela experimentação, prova disso é o resultado sonoro do seu primeiro disco lançado em 2013 através do Funcultura. Instrumentos acústicos (violões, bandolins e acordeons) dialogam com monotrons (pequenos sintetizadores), guitarras e baixos repletos de pedais, além de baterias e vocais com filtros criando outras possíveis texturas e matizes para o som.

Com influências sonoras dos anos 70, de movimentos musicais como Tropicália e Clube da Esquina, bem como da música nordestina e brasileira, Publius é um nome frequente nos palcos pernambucanos. Além disso, se destaca como um dos instrumentistas mais atuantes de sua geração com participação em gravações e shows de Geraldo Maia, Tonino Arcoverde, Ferrugem, Baião Polinário, Fadas Magrinhas e Dona Cila do Coco e Seus Pupilos.

O segundo disco de Publius, “Dia de Sol” vem com 10 faixas autorais, entre elas: “Só o Mundo Não Percebeu” e “Brados Bardos”. Além disso, conta com várias parcerias e será gravado ao vivo no Fábrica Estúdio. Produção independente, Publius, Hugo Linns (baixo e samplers) e Cristano Lemgruber (bateria) dividem a mesma sala e gravam as canções em tempo real com poucos over dubs (sobreposições que são feitas durante o processo de gravação).

Em abril, o cantor lançou o clipe da canção "Só o Mundo não Percebeu", feita em parceria com o poeta Wilson Freire. O videoclipe foi dirigido por Pablo Lopes e Fred Figueiredo e foi gravado ao vivo no Fábrica Estúdios.


SERVIÇO:
Show de Publius
Data: 30 de novembro- Quarta-feira
 Hora: 19h
Local: Terra Café
Ingresso: R$ 10,00

Mariana Layme

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.