Novos olhares e formatos da literatura e a leitura movimentam agenda da Semana do Livro de Pernambuco de 30 de Novembro a 04 de Dezembro no Museu do Estado


Semana do Livro de Pernambuco movimenta novas narrativas da literatura, comunicação e leitura no Museu do Estado de dia 30 de novembro a 04 de dezembro em cinco dias recheados de intervenções literárias e culturais com muitos nomes da cena local e nacional, numa programação pautada pela temática “Narrativas Possíveis do Presente”. “É preciso (re) escrever 2016. É necessário urgentemente (re)escrever o presente e tratar a palavra como ação, como instrumento de mudança e ativação social”, segundo o curador Schneider Carpeggiani da ação literária, realizada pela Cia de Eventos e a Ideação. A iniciativa proporcionará ao público contato com destaques como escritor e jornalista e crítico literário José Castello, que em 2011 venceu o prêmio Jabuti com o romance “Ribamar”, fará uma leitura de 2016 a partir do processo de Kafka. 

Compondo Master Class na agenda de abertura, na quarta (30), que trará em discussão “2016 sob o signo de K” em um painel sobre o romance “O processo” de Franz Kafka, como uma forma de pensar o ano judiciário que foi 2016. Outros olhares sobre a literatura integram essa preocupação sobre as narrativas deste ano com a participação do jornalista, escritor e cientista político brasileiro paulista Bernardo Kucinski, autor “K. - Relato de uma Busca”, finalista dos prêmios São Paulo de Literatura e Portugal Telecom de 2012, que integra a agenda ao lado da tradutora e escritora Ivone Benedetti, autora de “Cabo de guerra” (Boitempo), em bate sobre “A escrita como resgate” para dar voz às vítimas da ditadura brasileira das décadas de 60 e 70. Dar voz a novos atores da sociedade será foco ainda de discussão com o

A ação literária conta assim com novos olhares sobre a literatura e a leitura na contemporaneidade, inclusive, sobre ativismo comunicação, comportamento e gênero. Na quinta (01), às 19h, por exemplo, a pauta contará com o lançamento do livro “A história incompleta de Brenda e de outras mulheres”, do fotógrafo e jornalista Chico Ludermir com que falará sobre seu processo criativo com as mulheres trans e travestis que perfila em sua obra, lançada pela Confraria do Vento. O escritor Raimundo Carrero antecipa na sexta (dia 02), às 17h30, a gestação do seu novo romance, a ser lançado em 2017, “Pérolas porcas” (Iluminuras), numa agenda na qual irá recitar e comentar textos da obra. Mas, o dia ainda reserva discussão sobre o mercado literário no Nordeste com as editoras Lucinda Marques da Câmara Cearense do Livro, Karla Melo da Confraria do Vento e Deborah Echeverria da Leia - Liga de Editoras Independentes e Alternativas. 

O cenário do setor ainda ganha destaca no sábado (03), às 17h30, com bate-papo com o livreiro Daniel Bandeira Louzadaatual proprietário da renomada e badalada Livraria Leonardo da Vinci, do Rio de Janeiro, em bate-papo com o professor Lourival Holanda de Letras da UFPE, sobre o papel humanístico que precisam ter as livrarias nos dias de hoje, destacando a experiência da própria tradicional livraria carioca fundada na década de 50 e cujo anuncio de fechamento no ano passado pela família do seu fundador mexeu com o mercado livreiro. Mas, o fim de semana terá grandes novidades com debate sobre o trabalho de transformar em imagens os conflitos da sociedade entre o quadrinista André Dahmer (O Globo/ Folha de S. Paulo) com a jornalista Carol Almeida, no sábado (dia 03). E a programação trará também em primeira mão discussão sobre o lançamento “Guerra de Ninguém” do escritor cearense, radicado em Pernambuco, Sidney Rocha, que sai em novembro pela Iluminuras; e apresentação do escritor e poeta Sidney Nicéas, às 15h, no domingo (04), do seu livro “Noite em Clara”.

Em paralelo, a programação contará com oficinas e cursos nos cinco dias da ação: oficina “Mitologia e Feminino” com a jornalista Carolina Leão, nos dias 01 e 02 de dezembro, que enfoca as narrativas míticas e de gênero com ênfase no simbolismo do feminino; atividades lúdicas cantadas, nos dias 03 e 04 de dezembro, na Bienalzinha com Rose Jarocki e Pedro Ivo da Silveira (Cia do Lazer); e Oficina Cartonera com o escritor e editor Wellington Melo da Liga Cartonera, com grande expertise em edição de literatura independente. E outras ações e apresentações artísticas e culturais pautadas em várias vertentes da leitura e da literatura tomaram lugar na Semana do Livro com intervenção teatral do grupo Magiluth (quarta, dia 30 de novembro); apresentação do grupo Cacuriá de Dona Teté (sexta, 1º de dezembro); intervenção musical e poética com os artistas Maciel Salú e Isaar França, que reincorporam Ascenso Ferreira em homenagem in memoriam ao poeta pernambucano, na sexta (02 de dezembro). No final de semana a agenda cultural também será caprichada com o lançamento e autógrafo do mais recente trabalho de Miró “20 – para pensar um pouco”, apresentação do “Show Minha Pequena África” do grupo Cordelândia e a apresentação “Humor na Feira” do escritor Zelito Nunes e Eugênio Jerônimo, ambos no sábado (03); e no domingo (04) haverá nova oportunidade de conferir Miró e ainda apresentação do show “Latada para crianças” de Josildo Sá. Além das ações, haverá lançamentos diversos de livros, especialmente de publicações para o público Infantil, que poderãoo ser conferidos com toda a programação no site (http://semanadolivrodepernambuco.com.br/).

SERVIÇO:SEMANA DO LIVRO DE PERNAMBUCO 
Quando: De 30 de novembro (quarta) a 04 de dezembro (domingo), das 14h às 20h.
Onde: Museu do Estado de Pernambuco – Av. Rui Barbosa, 960, Graças, Recife-PE.

Ivelise Buarque

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.