Disco com a trilha de filme sobre Elis inclui gravações de Nara e de Cartola



Com estreia nos cinemas agendada para 24 de novembro, o filme Elis tem a trilha sonora editada em disco pela gravadora Universal. O álbum chega ao mercado fonográfico um dia após a estreia do longa-metragem em que o diretor Hugo Prata foca Elis Regina (1945 – 1982) de 1964, ano da chegada da cantora gaúcha à cidade do Rio de Janeiro (RJ), até o dia 19 de janeiro de 1982, data da inesperada e precoce saída de cena da artista.

Com 20 gravações, a trilha sonora de Elis traz fonogramas essenciais da discografia da cantora. Entre eles, há os registros  de músicas como Atrás da porta (Francis Hime e Chico Buarque, 1972), Cabaré (João Bosco e Aldir Blanc, 1973), Como nossos pais (Belchior, 1976),Madalena (Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza, 1970), O bêbado e a equilibrista (João Bosco e Aldir Blanc, 1979) e Velha roupa colorida (Belchior, 1976), entre outras composições associadas à voz icônica da cantora projetada nacionalmente em 1965. No filme, a atriz Andreia Horta – que interpreta Elis com perfeição em atuação que valoriza o longa-metragem – dubla as gravações da cantora incluídas no roteiro.

A curiosidade do disco com a trilha sonora do filme Elis é a inclusão de gravações de outros artistas. A cantora capixaba Nara Leão (1942 – 1989), rival da colega gaúcha, figura no disco com gravação de Borandá (Edu Lobo, 1964). Já  Cartola (1908 – 1980) é ouvido em registro do samba O sol nascerá (1964), parceria do compositor carioca com Elton Medeiros.

G1Música

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.