Omran Daqneesh o retrato de um mundo sem amor e respeito ao próximo

Foto: Mahmoud Rislan


A imagem de Omran Daqneesh, um menino sírio de apenas cinco anos em estado de choque e coberto de poeira e sangue após ser resgatado dos escombros de uma casa que foi alvo de bombardeio na Síria, me comoveu nesta quinta-feira.

A foto registrada pelo fotógrafo Mahmoud Rislanque nos chama a atenção para os caminhos cruéis e tortuosos que o ser humano insiste em trilhar. E gera em indagações. 

Como o ser humano consegue ser tão cruel? O que vai ser do futuro do mundo? Teremos futuro? Em um mundo onde crianças, idosos e famílias inteiras são vistas como alvo, que esperança terão as crianças? No que se transformarão as crianças de hoje? Por que é tão difícil conviver com as diferenças, com aquilo que é vivido pelo outro? Por que o ser e viver de outras pessoas e de outros povos cujas crenças são diferentes das nossas nos incomodam tanto?

Que Deus tenha misericórdia do mundo cruel, sem fé e sem amor onde o ódio passa por cima de tudo e acaba com a criação.

Amannda Oliveira

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.