Nomes da literatura internacional, nacional, regional e local aportam na 3ª da Feira do Livro do Vale do São Francisco esta quinta

O premiado autor português Luís Serguilha e Antonio Carlos Viana, um dos maiores contistas do Brasil, integram agenda do evento com cerca de 70 atividades diferenciadas 
 

Começa nesta quinta (04) mais uma edição da Feira do Livro do Vale do São Francisco, que movimenta até domingo (dia 07 de agosto) a região com mais de 70 atividades diversificadas entre palestras, oficinas, lançamentos, contação de histórias, trabalhos de integração para o público infantil, bate papos, apresentações artísticas e culturais, atividades de formação, etc. Muitas novidades incrementam a programação deste terceiro ano do evento, que se tornou o maior sucesso na região e vai esquentar a temperatura do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, com uma vasta agenda gratuita para todos os públicos. “A Feira do Livro do Vale do São Francisco se concretiza cada vez mais como um catalizador cultural e literário para a região, contribuindo não só com uma agenda própria de entretenimento mas ainda como fomentador de conhecimento através da literatura e de ações pautadas pela leitura”, diz Rogério Robalinho, empreendedor cultural e diretor da Cia. de Eventos, que está a frente da iniciativa.
Co-realizada pela Secretaria de Educação da Cidade, pela produtora Cia. de Eventos e pela Ideação, a Feira contará com diversos nomes de destaque dentro das atividades que acontecem durante quatro dias, sempre das 13 às 21h, como o romancista e cineasta Fernando Monteiro, vencedor em 2013 do primeiro Prêmio Pernambuco de Literatura, na Categoria Romance, com O Livro de Corintha, que integra a programação de palestras nesta quinta (04), às 19h, que trabalhará em palestra Como escrever o contemporâneo?, na Sala 2 do Sebrae, anexo ao Pavilhão do Centro de Convenções. “A programação da Feira do Livro do Vale do São Francisco nesse ano é marcada pela fala do escritor Fernando Monteiro, que terá como tema o questionamento de como escrever sobre o contemporâneo, sobre o compromisso que o escritor tem na hora de começar a pensar em um livro e a publicar. Temos Antonio Carlos Viana, um dos maiores contistas do Brasil; o cronista Luís Henrique Pellanda, que ministrará uma oficina sobre a importância da crônica; além de Micheliny Verunschk, que está para lançar um romance sobre a história recente do Brasil e a sua própria história; o poeta Miró também lançará seu novo livro que fala do seu difícil processo de recuperação, o Penúltimo olhar sobre as coisas”, diz o curador Schneider Carpeggiani.

Mas, expoentes da região mostram a sua força na plataforma de lançamentos, que começa às 14h, como Flávia Maria de Brito Pedrosa na quinta-feira (dia 04) que apresenta os trabalhos “Todos podem desenhar” e “Designare: pontes artístico/educativas na formação docente em Artes Visuais”; Jackson Roberto Guedes, Raimundo Gonçalves, Ana Paula de Oliveira com “ANNONACEAE”; e Luciana Duccini com “Diplomas e Decás. Identificação Religiosa de Membros da Classe Média no Candomblé”. Um processo de reforço de novos e talentosos potenciais da nossa terra para o cenário literário pernambucano e brasileiro. “Penso que o Vale do São Francisco tem uma capacidade ainda não visualizada em nível do estado de Pernambuco quando se trata de literatura, há excelentes trabalhos sejam científicos ou literários, que contribuem significativamente em diversas áreas. A meu ver, representa mais um passo para o estímulo a leitura tanto escrita quanto visual. Vivemos em um país de sério analfabetismo visual, isso afeta aspectos estéticos, históricos e criativos que vão de escolhas simples do cotidiano à complexidade do sentido de estar aqui e agora”, destaca Flávia Pedrosa Vasconcelos.

Para dar voz a esses expoentes, a Feira do Vale abre espaço para 28 trabalhos que se apresentarão em nossa Plataforma de Lançamento com publicações das mais diferentes áreas, formatos e gêneros. A ideia do espaço é manter a proposta iniciadas na primeira edição em 2014, quando iniciado este projeto literário. “Considero esta uma boa oportunidade para apresentação de trabalhos dos autores, pois poderão divulgar seus trabalhos para toda a região. Isso dará uma maior visibilidade às obras apresentadas. Essa será uma oportunidade de divulgação para um público mais diversificado”, reforça Jackson Guedes. E esta interligação com a literatura local estará focada ainda em discussões em outros espaços expositivos que também contarão não só com lançamentos como também com leituras e contação de histórias, como o Espaço da Bienalzinha na qual teremos bate papo com autores de obras mais voltadas para o público diariamente, às 17h30.

Para quem busca ampliar seus conhecimentos, estarão sendo oferecidas oficinas variadas, durante os quatro dias da Feira do Livro do Vale do São Francisco 2016, voltadas para professores, educadores, arte-educadores e pessoas interessadas, realizadas com o apoio da ANL, Univasf, o Sebrae, o Museu Cais do Sertão, Iphan, Cia. do Lazer. No Pavilhão será realizado “Movimentar é bom! Curso de Recreação para educadores”, no Espaço da Bienalzinha, às 19h, com a Cia. do Lazer. Mas o publico ainda pode participar às 14h da palestra de apresentação do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP, programa para gestores de escolas públicas, realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas/ Petrolina, e sobre“Empreendedorismo Cultural”, às 16h, com o consultor José Lucas Mendes, na sala do Sebrae 1.Das 14h às 16h, acontece a oficina “A Educação na Construção da Identidade Sertaneja” e das 15h às 17h a de “Literatura de Cordel na sala de aula”, respectivamente nas salas 1 e 2 da Univasf Juazeiro. As informações sobre inscrição para as oficinas devem ser levantadas antecipadamente no site http://www.feiradovale.com.br/, assim como a programação geral da III Feira do Livro do Vale do São Francisco podem ser consultadas na página.
 
SERVIÇO:
III FEIRA DO LIVRO DO VALE DO SÃO FRANCISCO (http://www.feiradovale.com.br/)

Quando: De 04 a 07 de Agosto de 2016, das 14h às 21h
Onde: Centro de Convenções Nilo Coelho de Petrolina

Ivelise Buarque 

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.