Festival de Cinema de Triunfo anuncia homenageados e programação completa

Em sua nona edição, o Festival de Cinema de Triunfo ganha fôlego novo, contemplando a diversa e recente produção audiovisual pernambucana e nacional. De 8 a 13 de agosto, 33 curtas e longas-metragens em competição vão ganhar a tela do Cine Theatro Guarany, um dos mais belos equipamentos públicos e também patrimônio material do estado.




Este ano, o Festival avança sobre o Sertão do Pajeú, alcançando também os moradores de Serra Talhada e Afogados da Ingazeira. “Esta descentralização das atividades reconhece alguns percursos valorosos que realizadores audiovisuais dessas cidades têm trilhado, tanto no pensar como no fazer cinematográfico”, revela Milena Evangelista, coordenadora de Audiovisual da Secult-PE/Fundarpe, instituições realizadoras do evento.
Contando com as parcerias das Prefeituras Municipais, do SESC-PE, da Cepe Editora, da Fundação Joaquim Nabuco e de mostras audiovisuais independentes, como Cine Belo Jardim e Stopmotion, o festival vai oferecer ainda um rico leque de atividades formativas e ações especiais. Entre elas, o seminário Inclusão no Audiovisual, para discutir temas como cotas, descentralização e representação de gênero na cadeia produtiva. De acordo com Marcelino Granja, Secretário Estadual de Cultura, “um debate urgente, em consonância com as discussões em andamento tanto em nível estadual – por meio do Conselho Consultivo do Audiovisual – como na esfera nacional”, destaca.
Mais um importante momento de discussão e construção coletiva de políticas para o setor acontece no dia 11 de agosto. É o Seminário Diálogos da ABPA (Associação Brasileira de Preservação Audiovisual) – A importância dos arquivos regionais, que será realizado em parceria com a FUNDAJ. “A ideia é reunir profissionais de preservação, cineastas, gestores culturais e o público do festival em um debate sobre políticas de preservação do audiovisual brasileiro, na perspectiva de desenvolvermos ações regionalizadas, que garantam a memória e o acesso às produções”, convida Silvana Meireles, Secretária Executiva Estadual de Cultura.
A preservação e a requalificação dos Cinemas de Rua também são temas prioritários para o Festival. Uma programação especial contará com a presença de Osvaldo Emery, arquiteto vinculado à Cinemateca Brasileira e um dos mais competentes consultores em projetos voltados à exibição cinematográfica do país. Na sexta (12), ele se reúne com gestores dos equipamentos que resistem no estado e, no sábado (13), realiza uma Master class aberta à participação de todo o público.
CINEMA E EDUCAÇÃO
Sessões especiais e oficinas direcionadas para crianças e adolescentes ganham ainda mais destaque nesta edição. “Uma forma de trazer este público ao cinema, estimular novos olhares e contribuir para a formação cultural da nossa gente”, comenta Márcia Souto, Presidente da Fundarpe. Serão quatro oficinas gratuitas, para as quais as inscrições já estão encerradas: Documentando (Afogados da Ingazeira) e as inéditas Experimentando Animação (Serra Talhada), Videoclipe Experimental (Triunfo) e Oficinas criativas: as maiores historinhas brasileiras de todos os tempos (Triunfo).

No dia 12 de agosto, Serra Talhada recebe o painel Cine Educador que vai reunir professores da região em um espaço para troca de informações sobre as diversas possibilidades de utilização do audiovisual em sala de aula, como instrumento pedagógico.
HOMENAGENS
Nesta edição, o Festival ainda prestará homenagens ao ator Germano Haiut, ator que soma mais de 50 anos de carreira dedicados ao teatro e ao cinema e a atriz Maeve Jinkings que tem parceria de longa data com o cinema do estado. Ambos serão reconhecidos pela importante contribuição no desenvolvimento da produção audiovisual pernambucana.

Maeve Jinkings – Nasceu em Brasília, mudou-se aos cinco anos para Belém do Pará, onde se formou em Comunicação Social. De lá, seguiu para São Paulo, onde estudou artes dramáticas. Em 2009, filmou um curta-metragem no Recife, o primeiro de uma série de trabalhos no Estado. Sua parceria com a produção de cinema pernambucano resultou até hoje em mais de dez longas, entre eles Aquarius (2016), Açúcar (em finalização), Boi Neon (2016), Seu Cavalcanti (em edição), Amor Plástico e Barulho, Boa Sorte Meu Amor (2013), Era Uma Vez Verônica (2013) e O Som ao Redor (2013). Pela atuação em Amor Plástico e Barulho, recebeu diversos prêmios de melhor intérprete, entre eles o de Melhor Atriz no 46º Festival de Brasília e o prêmio de Melhor Atriz no BRAFFT 2014, Festival Brasileiro de Cinema em Toronto. Sua estreia em teledramaturgia ocorreu em 2015, na novela A Regra do Jogo. Maeve também tem atuado como preparadora de elenco, atividade que desempenhou nos filmes Sem Coração e Big Jato.

Germano Haiut – Nascido no Recife (1938) e com mais de 20 peças no currículo, Germano Haiut possui ampla trajetória no Teatro Pernambucano, tendo passado pelos grupos: Teatro Estudantes Israelita, Teatro de Arena, Teatro Popular do Nordeste e o Teatro de Amadores de Pernambuco. No cinema, atuou em curtas-metragens como Clandestina Felicidade, Papa Figo e Rosa e Benjamin e nos longas-metragens Eles Voltam, País do Desejo, Quincas Berro D’Água, Reflexões de um Liquidificador, O ano em que meus pais saíram de férias, Baile Perfumado, entre outros. Além do cinema e do teatro, Germano Haiut também atuou nas minisséries A Pedra do Reino e Amores Roubados. Trabalhos que somam mais de 50 anos dedicados à arte da atuação. Aos 78 anos, está se preparando para retornar aos palcos.
PREMIAÇÃO
Um júri oficial e um júri popular vão selecionar as melhores produções nas categorias Longa-metragem nacional, Curta-metragem nacional, Curta-metragem pernambucano, Curta-metragem infanto-juvenil e Curta-metragem dos Sertões. Este ano, serão R$ 26 mil em prêmios aos vencedores, que também receberão o Troféu Caretas.
Veja a Composição dos Júris desta edição AQUI.

Confira abaixo a programação completa:
PROGRAMAÇÃO GERAL
Local: Cine Theatro Guarany
Entrada Gratuita
Cidade: Triunfo

SEGUNDA-FEIRA, 08/08
19h – Cerimônia de Abertura

Mostra Competitiva de Curta-metragem Nacional
Classificação: 14 anos
Cumieira (Documentário, 13 minutos, 2015, PB), de Diego Benevides
E o galo cantou (Ficção, 23 minutos, 2016, GO), de Daniel Calil
Em defesa da família (Documentário, 24 minutos, 2016, DF), de Daniella Cronemberger
Retrato de Dora (Documentário, 15 minutos, 2014, SP), de Bruna Callegari

Mostra Competitiva de Longa-metragem Nacional
Classificação: Livre
Danado de Bom (Documentário, 74 minutos, 2015, PE), de Deby Brennand

TERÇA-FEIRA – 09/8
10h – Mostra Especial Festival Stopmotion
Classificação: Livre

14h – Mostra Especial Festival de Cinema de Belo Jardim
Classificação: Livre

19h – Mostra Competitiva de Curta-metragem Nacional
Classificação: 16 anos
Abissal (Documentário, 17 minutos, 2016, CE), de Arthur Leite
Sobre Nós (Ficção, 15, 2016, RJ), de Miguel Moura
Quem matou Eloá? (Documentário, 24 minutos, 2015, SP), de Lívia Perez
Cuscuz Peitinho (Ficção, 20 minutos, 2016, RN), de Rodrigo Sena

Mostra Competitiva de Longa-metragem Nacional
Classificação: 16 anos
Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois (Ficção, 80 minutos, 2015, CE), de Petrus Cariry

Homenagem ao ator Germano Haiut
QUARTA-FEIRA, 10/08

10h – Mostra Especial Dia da Animação
Classificação: Livre

14h – Mostra Especial Criancine
Classificação: Livre

19h – Mostra Competitiva de Curta-metragem Pernambucano
Classificação: 14 anos
Black Out (Documentário, 13 minutos, 2016), de Felipe Peres, Adalmir da Silva, Francisco Mendes, Jocicleide Oliveira, Sérgio Santos e Paulo Sano.
Clave dos Pregões (Documentário, 15 minutos, 2015), de Pablo Nóbrega
Ainda me sobra eu (Documentário, 15 minutos, 2016), de Taciano Valério
Domingos (Ficção, 11 minutos, 2015), de Jota Bosco

Mostra Competitiva de Longa-metragem Nacional
Classificação: 10 anos
Para minha amada morta (Ficção, 113 minutos, 2015, PR), de Aly Muritiba

QUINTA-FEIRA , 11/08
10h – Mostra Especial Sesc
Classificação: Livre
O Menino e o mundo (Animação, 2013, 79 minutos, DF), De Alê Abreu

14h – Mostra Especial Sesc
Classificação: Livre
As férias do pequeno Nicolau (Ficção, 2014, 117 minutos , França), de Laurent Tirard

19h – Mostra Competitiva de Curta-metragem Pernambucano
Classificação: 14 anos
Exília (Documentário, 24 minutos, 2015), de Renata Claus
Um Brinde (Ficção, 16 minutos, 2016), de João Vigo
Tarja Preta (Documentário, 24 minutos, 2015), de Márcio Farias
Elogio do tremor (Ficção, 17 minutos, 2016), de André Valença

Mostra Competitiva de Longa-metragem Nacional
Classificação: 16 anos
Todas as Cores da Noite (Ficção, 70 minutos, 2015, PE), de Pedro Severien

SEXTA-FEIRA,  12/08

14h – Mostra Competitiva de Curta-metragem Infanto-Juvenil
Classificação: 12 anos
Ana e a Borboleta (Animação, 8 minutos, 2015, GO), de Isabela Veiga
A culpa é do Neymar (Ficção, 11 minutos, 2015, RJ), de João Ademir
DaliVinCasso (Animação, 11 minutos, 2014, SP), de Marcelo Castro e Marlon Tenório
Ilha das crianças (Documentário, 12 minutos, 2016, RJ), de Zeca Ferreira
Coração Azul (Ficção, 25 minutos, 2015, PR), de Wellington Sari
Dente por Dente (Ficção, 8 minutos, 2015, SP), de Nildo Ferreira e Kauê Nunes

19h – Mostra Competitiva de Curta-metragem dos Sertões
Classificação: 16 anos
Praça de Guerra (Documentário, 19 minuto, 2015, PB), de Ed. Júnior
Descaminhos (Ficção, 8 minutos, 2015, PE), Coletivo Cinema no Interior
Catimbau (Documentário, 23 minutos, 2015, PE), de Lucas Caminha
Joaquim Bralhador (Ficção, 20 minutos, 2014, CE), de Márcio Câmara
Aroeira (Ficção, 20 minutos, 2016, PB), de Ramon Batista
O Forasteiro (Ficção, 25 minutos, 2014, BH), de Diogo Cronemberger

Mostra Competitiva de Longa-metragem Nacional
Classificação: Livre
Umbigo (Documentário, 70 minutos, 2016, BA), de Cauê Santana

SÁBADO, 13/08
14h – Exibição Especial
Bom dia, Poeta (Documentário, 52 minutos, 2016, PE), de Alexandre Alencar
Classificação: Livre

16h – Exibição Especial
Big Jato (Ficção, 90 minutos, 2015, PE), de Cláudio Assis
Classificação: 16 anos

20h – Cerimônia de Premiação do Festival
Homenagem à atriz Maeve Jinkings

ENCONTROS DE CINEMA
Debates com os realizadores do Festival
Todos os dias, sempre às 10h
Com mediação de Tiago Montenegro, jornalista e editor do portal Cultura.PE
Local: Pousada Alpes (Triunfo)

11/08 – Seminário: Diálogos da ABPA – a importância dos arquivos regionais
Organizado pela Fundação Joaquim Nabuco
Participantes: Carlos Roberto de Souza – Presidente da Associação Nacional de Preservação Audiovisual (ABPA)
Fabricio Felice dos Santos – Profissional de Preservação Audiovisual
Fernando Weller – Cineasta e professor da UFPE.
Geraldo Pinho – Gestor do Mispe e Programador do Cinema São Luiz
Mediação: Albertina Lacerda Malta – Historiadora da Fundação Joaquim Nabuco
Horário: 15h30
Local: Salão Nobre da Prefeitura de Triunfo.
Cidade: Triunfo

12/08 – Reunião do Grupo de Trabalho Cinema de Rua com gestores municipais e o especialista Osvaldo Emery, da Representação Regional do MinC/RJ
Horário: 9h às 12h
GT: André Dib, Kate Saraiva, Luiz Joaquim, Geraldo Pinho, Janaína Guedes e Silvana Meireles.
Cinemas de Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife, Triunfo.
Local: Salão Nobre da Prefeitura de Triunfo
Cidade: Triunfo

12/08 – Cine Educador: A utilização do cinema em sala de aula
Participantes: Andréa Mota, Gilvan Noblat e Silvana Marpoara
Horário: 8h às 12h
Local: CEU das Artes (Bairro Caxixola)
Cidade: Serra Talhada/PE.

12/08 – Seminário: A Inclusão no Audiovisual
Parceria com a ABD/PE e a FEPEC.
Participantes: Anna Andrade, Gabriel Muniz, Igor Travassos, Iris Regina Gomes, Juliana Lima, Natália Lopes, Raquel Santana.
Mediação: Milena Evangelista – Secult/PE
Horário: 15h30
Local: Salão Nobre da Prefeitura de Triunfo.
Cidade: Triunfo

13/08 – Master Class – Cinemas de Rua na Era Digital: Desafios e Perspectivas
Realização conjunta SECULT/Fundarpe e Fundaj
Osvaldo Emery – Arquiteto, mestre em Conforto Ambiental e especialista em Acústica Arquitetônica e Audiovisual consultor em projetos voltados à exibição cinematográfica. Vinculado à Representação Regional do MINC/RJ.
Horário: 15h30
Local: Salão Nobre da Prefeitura de Triunfo.
Cidade: Triunfo

Exibições Itinerantes
Afogados da Ingazeira
Data: 11 e 12 de agosto
Local: Cinema São José
Horário: 20h

Serra Talhada
Data: 09 a 12 de agosto
Local: CEU das Arte

Fundarpe

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.