Clássicos soul de Tim Maia ganham reedição em vinil


Tim Maia ganha relançamento de seus clássicos em vinil pela Polysom, em parceria com a Universal Music. Os álbuns, todos homônimos, foram lançados em 1970, 1971 e 1973, sendo o primeiro, segundo e quarto da carreira do carioca. Indispensáveis aos amantes da soul music, os discos chegam às lojas pela coleção “Clássicos em Vinil”.
Sendo o primeiro produzido por Jairo Pires e Arnaldo Saccomani e os outros dois por Tim Maia, os discos trazem, cada um, 12 faixas, em sua grande maioria assinadas pelo cantor. Já no álbum de estreia ele apresenta os sucessos “Azul da Cor do Mar”, “Cristina”, parceria sua com Carlos Imperial, “(Vai Chuva) Primavera” e “Eu Amo Você”, essas duas últimas de autoria de Cassiano e Silvio Rochael.

Abrindo com “A Festa do Santo Reis” (Márcio Leonardo), o disco de 1971 também estava recheado de hits da carreira de Tim Maia, como “Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar)”, “Não Vou Ficar” e “Você”. E, ainda, o seu quarto álbum (1973) traz “Réu Confesso” e “Eu Gostava Tanto de Você” (Edson Andrade), entre outras. Vale destacar algumas canções em inglês que aparecem nesses registros, como “Broken Heart (Coração Partido)”, “I Don’t Care (Não Quero Saber)” e “Do Your Thing, Behave Yourself”. Os discos chegam às lojas em vinil de 180 gramas neste final de julho.
Revista O Grito

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.