Em plena crise econômica, governo federal reajusta o Bolsa Família em 9%

Em plena crise política e econômica, a Persidente Dilma anunciou no último domingo um reajuste de 9% no Programa Bolsa Família. O benefício médio pago às 13,8 milhões famílias do programa de transferência de renda poderá alcançar R$ 176,00 mensais.
Decreto presidencial autorizará reajuste de 6,5% da linha de extrema pobreza do país, fixada atualmente em R$ 77,00. A linha da extrema pobreza, instituída no Plano Brasil sem Miséria, garante a complementação da diferença entre esse valor e a renda declarada pela família.
O mesmo percentual será aplicado à linha da pobreza, que estabelece o limite de renda de acesso ao benefício do Bolsa Família. Com isso, poderão ter acesso ao benefício famílias com renda de até R$ 164,00 mensais por pessoa.
A medida foi vista com festa pelos beneficiários , mas vista como irresponsável por economistas.
Amannda Oliveira

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.