Tecnologias do SESI podem ser utilizadas nas agroindústrias apoiadas pelo ProRural

Rossana Fonseca

Pensando na oferta de alimentos de maior qualidade, na segurança do trabalhador das agroindústrias e na capacitação de públicos de maior vulnerabilidade social, que estão ligados à agricultura familiar, representantes do ProRural e do Conselho Nacional do SESI, iniciaram, na tarde dessa sexta-feira (08), conversa para futura parceria entre as instituições.

O encontro fortalece a estratégia do ProRural, que objetiva capacitar beneficiários dos projetos apoiados pelo Banco Mundial, e assim transformá-los em empreendedores de negócios cada vez mais sustentáveis, sólidos, rentáveis e competitivos. Nesse sentido, a instituição vem dialogando com diversos parceiros como SEBRAE, Senar e SENAI, entre outros, que têm tecnologias e conhecimentos que podem ser levados para o ambiente rural.

Para o diretor do ProRural, Anselmo Pereira, a parceria com o SESI poderá, entre outros, contribuir para a melhoria dos espaços onde são processados os alimentos produzidos pelos agricultores familiares. Em Caruaru, por exemplo, a agroindústria localizada no Assentamento Normandia, do Movimento dos Sem Terra (MST), poderá ser beneficiada com a expertise do SESI no que diz respeito à saúde e a segurança do trabalhador.

Segundo o secretário de Articulação Institucional do Conselho Nacional do SESI, Pedro Lapa, o regulamento e o planejamento estratégico do Serviço, os habilita a abrir interlocução sobre saúde, educação e serviço social, que também podem ser trabalhado no âmbito rural. “As perspectivas estão bem desenhadas para nós. É com esse olhar para a segurança e qualidade alimentar e a saúde a segurança do trabalhador que a gente vem para essa reunião e se propõe a fazer novos encontros para poder construir uma parceria.

Rossana Fonseca

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.