Naná Vasconcelos silencia aos 71 anos

E o dia hoje amanheceu silencioso. Aquele silêncio pesado fruto de uma perda gigantesca para o mundo da arte, para amigos e familiares. Morreu Naná Vasconcelos, o maior percussionista do mundo, um gênio da nossa música , um cara que sabia o poder da música. A música que o levou para o mundo e o fez rei, o rei da percussão. A música que o fez criar projetos sociais para ajudar os outros e que o fazia mover multidões.
Amannda Oliveira


A música mundial está de luto. Morre na manhã desta quarta-feira (09), aos 71 anos, o maior percussionista do mundo, Naná Vasconcelos.
Ele estava internado há dez dias lutando contra um câncer no pulmão e após uma parada respiratória não resistiu.

O velório começa às 14h , na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O enterro está marcado para as 10h desta quinta (10), no Cemitério de Santo Amaro.

O governador Paulo Câmara decretou luto de três dias pela morte do percussionista pernambucano Naná Vasconcelos

Amannda Oliveira

Nenhum comentário

Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.