Armando e João Paulo arrastam mais de 20 mil pessoas em Santa Cruz do Capibaribe

agosto 31, 2014
Crédito da foto: Leo Caldas/Divulgação

O município de Santa Cruz do Capibaribe foi palco do maior e do mais expressivo ato dos candidatos Armando Monteiro (PTB) e João Paulo (PT) até esta etapa da campanha eleitoral. Mais de 20 mil pessoas, todas vestidas com camisas vermelhas, se aglomeraram na Avenida Cesário Aragão, neste domingo (31), para dizer que votam na chapa completa da coligação Pernambuco Vai Mais Longe. Em um gesto de entusiasmo, os moradores carregam o petebista pelos braços até o comício. Armando agradeceu o apoio e sentenciou: “Sou candidato a governador por causa do apoio dessa cidade e do povo de Pernambuco”.

Armando destacou que a sua relação com Santa Cruz do Capibaribe e região não iniciou nesta eleição. O candidato a governador enfatizou que sua ligação com o município remonta da época em que foi eleito ainda para o primeiro mandato de deputado federal, em 1998.

Armando também lembrou que à frente do SENAI Nacional, realizou um amplo programa de investimentos em escolas técnicas que também beneficiou Santa Cruz do Capibaribe, que recebeu uma escola voltada o setor de confecções, principal vocação econômica da região. Armando também lembrou que ao longo de seus mandatos parlamentares contribuiu com a viabilização do Santa Cruz Moda Center – o maior centro de vendas de confecções do Brasil -, entre outras ações em prol do crescimento da região.

“Nunca vim aqui para cobrar impostos de ninguém. Pelo contrário, vim para plantar o progresso dessa região”, cravou Armando Monteiro, enumerando as suas propostas de governo. Na saúde, o petebista afirmou que vai integrar toda a rede estadual e criar clínicas para exames laboratoriais e de imagem. Na educação, Armando garantiu que vai dar atenção especial aos professores. Aos micros e pequenos empresários, o candidato enfatizou que vai prover o melhor ambiente tributário para ajudar no crescimento do setor.

“Quando vocês forem votar só peço uma coisa: a minha eleição só vai ser completa se o povo também votar em João Paulo para senador”, pediu Armando, arrancando aplausos da população.

Candidato a senador, João Paulo frisou que Armando Monteiro vai fazer um governo olhando para as necessidades do povo. “Vocês tenham certeza de que Armando vai olhar para o Agreste, para os micros e pequenos empresários, para a população mais humilde, enfim, para todos, sempre pensando o melhor de Pernambuco”, discursou o petista.

Eleito senador junto com Armando em 2010, o petista Humberto Costa (PT) defendeu o legado dos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da presidente Dilma Rousseff (PT). O parlamentar salientou a necessidade da manutenção do projeto nacional que vem mudando Pernambuco e o Brasil nos últimos 12 anos. “Pernambuco e o Brasil não podem voltar atrás e parar. Tem que eleger Armando Monteiro, João Paulo e a presidente Dilma”.


ASCOM

Praça de Casa Forte pintada de amarelo para receber Paulo Câmara

agosto 31, 2014
Foto: Aluísio Moreira
A Frente Popular promoveu, neste dia 31, uma manhã de festa, na Praça de Casa Forte, com o candidato ao Governo Estadual Paulo Câmara (PSB). Pinturas de camisas e bandeiras, exposição de artistas plásticos, grafitagem, palhaços e brincadeiras para criançada, tudo para animar ainda mais a campanha dos bons sentimentos.

O candidato chegou ao local com a família, Renata Campos e os cinco filhos do ex-governador Eduardo Campos. "É uma tradição da Frente Popular este evento, reunindo a classe artística, os jovens, os amigos. Faz parte da nossa forma de agir promover a sintonia com a sociedade, a militância e todos aqueles que querem contribuir para que este projeto continue transformando Pernambuco. As pessoas reconhecem que nós representamos esse ideal. A prova disso é o sucesso deste ato hoje", explicou Paulo.

Tomada de amarelo, a praça estava lotada. Os pais levaram os filhos para aproveitar a manhã de sol, brincando e fazendo pintura de telas e camisetas. Acompanhado da esposa, Ana Luiza, e das filhas, Clara e Helena, Paulo distribuiu abraços, posou para fotos e conversou animadamente com os artistas plásticos que expunham suas obras. Entre eles, Dantas Suassuna, Zélia Suassuna (respectivamente filho e viúva do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna), Maurício Arraes, José Cláudio, André Valença, Feliciano dos Prazeres e Marcelo Peregrino. 

ASCOM

"Não vou esperar o Governo Federal para ajudar os prefeitos", garante Paulo

agosto 31, 2014

Foto: Rodrigo Lobo

concentração de recursos por parte do Governo Federal voltou a ser alvo das críticas do candidato da Frente Popular ao Governo de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Segundo ele, a União praticou uma política perversa nos últimos anos, retirando verbas dos Estados e municípios. "Os municípios foram os principais atingidos, muitos quase faliram. Como governador, eu vou trabalhar em parceria para ajudar os prefeitos a desenvolver suas localidades. Não vou esperar pelo Governo Federal", garantiu o socialista, na noite desse domingo (31), em Maraial, depois de participar de uma caminhada – antes, ele esteve em Jaqueira.

Paulo previu que a candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, vencerá a disputa, e que ela tem o compromissoassumido por Eduardo Campos de rever o Pacto Federativo. Porém, ele explicou que, mesmo assim, terá como governadorparticipação efetiva na defesa dos municípios. "Mostramos que o Estado pode ser estratégico nessa questão, como fizemos com o FEM, que salvou muitas prefeituras da falência e vai virar o política de Estado em nosso Governo", exemplificou.

Câmara foi recebido, junto com seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB), em Maraial, pela prefeita Marluce Santos (PSD) e pelo ex-prefeito Nia, que organizaram uma animada caminhada, que lotou as ruas da cidade. Em discurso, ao final do ato, o candidato se comprometeu a realizar um antigo sonho do município: pavimentar a estrada que leva ao Distrito de Sertãozinho.

JAQUEIRA - Antes de Maraial, Paulo esteve em outro município da Mata Sul. Em Jaqueira, o socialista se comprometeu a dar continuidade e avançar na política de combate à violência iniciada por Eduardo. "Há um ano, Jaqueira não registra um homicídio sequer. Vamos trabalhar para que isso continue acontecendo", garantiu o socialista. Ele foi recebido na cidade por uma caminhada, organizada pelo ex-prefeito Amadeu Henrique (PSB). 

ASCOM

Campanha de Marina tira do programa apoio a casamento gay

agosto 30, 2014
Um dia depois de divulgar o programa de governo da candidata, a campanha da presidenciável Marina Silva (PSB) decidiu retirar trecho que manifestava apoio a propostas para legalizar o casamento igualitário no Brasil, que permite a união entre pessoas do mesmo sexo. Além disso, foi eliminada defesa de um projeto em tramitação no Congresso que criminaliza a homofobia.
Os dois pontos estavam num capítulo sobre os direitos da comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transsexuais) e foram substituídos pela seguinte redação: "Garantir os direitos oriundos da união civil entre pessoas do mesmo sexo".
Em nota divulgada neste sábado (30), a assessoria da campanha informou que o texto inicialmente divulgado, "infelizmente, não retrata com fidelidade os resultados do processo de discussão sobre o tema durante as etapas de formulação do plano de governo" e diz que uma "falha processual na editoração" da versão do programa divulgada na internet e em exemplares impressos permitiu a veiculação de uma redação "que não contempla a mediação entre os diversos pensamentos que se dispuseram a contribuir para sua formulação e os posicionamentos de Eduardo Campos e Marina Silva a respeito da definição de políticas para a população LGBT".
No documento divulgado na internet e distribuído à imprensa, constava o seguinte trecho: "Apoiar propostas em defesa do casamento civil igualitário, com vistas à aprovação dos projetos de lei e da emenda constitucional em tramitação, que garantem o direito ao casamento igualitário na Constituição e no Código Civil".

Também havia a defesa do PLC 122/2006, que equipara a discriminação contra gays aos crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor. A proposta, proposta em 2006 e atualmente em tramitação no Senado, sofre forte resistência da comunidade evangélica.

Segundo informou ao G1 a assessoria da campanha, serão substituídas as páginas e 215 e 216 do programa, que abordam os direitos LGBT e tratam do casamento gay.
Atualmente, uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão de controle externo das atividades do Judiciário, obriga os cartórios a cumprirem a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de maio de 2011, de realizar a união estável de casais do mesmo sexo. Além disso, obrigou a conversão da união em casamento e também a realização direta de casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Porém, não há nenhuma lei no país que regulamente o assunto.
De acordo com a nota divulgada neste sábado pela campanha, "a sociedade tem muita dificuldade em lidar com as diferentes visões de mundo, de forma de viver e de escolhas feitas pelas pessoas". A nova versão do programa de governo de Marina Silva diz ainda que os grupos LGBT estão entre as minorias que têm direitos civis que precisam ser respeitados.
“Apesar desse contratempo indesejável [no programa de governo], tanto no texto com alguns equívocos como no correto, permanece irretocável o compromisso irrestrito com a defesa dos direitos civis dos grupos LGBT e com a promoção de ações que eduquem a população para o convívio respeitoso com a diferença e a capacidade de reconhecer os direitos civis de todos", afirma a nota.
Nesta sexta-feira (29), durante o lançamento do programa de governo em São Paulo, Marina Silva foi questionada sobre o apoio a projetos de lei que garantam o direito de casamento entre pessoas do mesmo sexo, Ela disse respeitar e defender o Estado laico e afirmou que, como presidente, terá o compromisso de assegurar direitos civis para "todas as pessoas".
“O nosso compromisso é que os direitos civis das pessoas sejam respeitadas. Queremos o respeito através do Estado laico tanto para os que creem quanto os que não creem. As pessoas têm sua liberdade individual e essa liberdade individual deve ser respeitada", disse.
Em 2010, ano em que disputou pela primeira vez a Presidência, Marina afirmou que, na opinião dela, o casamento é um "sacramento" e que aceitar a união entre pessoas do mesmo sexo iria contra suas convicções religiosas. Apesar disso, na ocasião, se disse a favor da “união de bens” entre homossexuais.

Ainda nesta sexta, horas após a divulgação do programa, a campanha de Marina também corrigiu outro trecho que mencionava a energia nuclear como um dos pontos que merecem atenção para o aperfeiçoamento da matriz energética do país.

Nota
Leia abaixo a íntegra da nota divulgada neste sábado pela campanha de Marina Silva.

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE
O CAPÍTULO "LGBT", DO PROGRAMA
DE GOVERNO DA COLIGAÇÃO
UNIDOS PELO BRASIL

O texto do capítulo "LGBT", do eixo "Cidadania e Identidades", do Programa de Governo da Coligação Unidos pelo Brasil, que chegou ao conhecimento do público até o momento, infelizmente, não retrata com fidelidade os resultados do processo de discussão sobre o tema durante as etapas de formulação do plano de governo (comentários pela internet sobre as diretrizes do programa, encontros regionais e as dinâmicas de escuta da sociedade civil promovidas pela Coordenação de Programa de Governo e pelos candidatos à Presidência pela Coligação).

Em razão de falha processual na editoração, a versão do Programa de Governo divulgada pela internet até então e a que consta em alguns exemplares impressos distribuídos aos veículos de comunicação incorporou uma redação do referido capítulo que não contempla a mediação entre os diversos pensamentos que se dispuseram a contribuir para sua formulação e os posicionamentos de Eduardo Campos e Marina Silva a respeito da definição de políticas para a população LGBT.

Convém ressaltar que, apesar desse contratempo indesejável, tanto no texto com alguns equívocos como no correto, permanece irretocável o compromisso irrestrito com a defesa dos direitos civis dos grupos LGBT e com a promoção de ações que eduquem a população para o convívio respeitoso com a diferença e a capacidade de reconhecer os direitos civis de todos.

Os brasileiros e as brasileiras interessados em conhecer as verdadeiras ideias defendidas pelos candidatos da Coligação Unidos pelo Brasil para a Presidência da República, Marina Silva e Beto Albuquerque, já o podem fazer por meio do site marinasilva.org.br ou pelos exemplares impressos que serão distribuídos a partir de hoje.

O documento que expressa as reais propostas da chapa para o capítulo "LGBT" também pode ser lido abaixo:

LGBT
Ainda que tenhamos dificuldade para admitir, vivemos em uma sociedade que tem muita dificuldade de lidar com as diferenças de visão de mundo, de forma de viver e de escolhas feitas em cada área da vida. Essa dificuldade chega a assumir formas agressivas e sem amparo em qualquer princípio que remeta a relações pacíficas, democráticas e fraternas entre as pessoas.

Nossa cultura tem traços que refletem interesses de grupos que acumularam poder enquanto os que são considerados minoria não encontram espaços de expressão de seus interesses. A democracia só avança se superar a forma tradicional de supremacia da maioria sobre a minoria e passar a buscar que todos tenham formas dignas de se expressar e ter atendidos seus interesses. Os grupos LGBT estão entre essas minorias que têm direitos civis que precisam ser respeitados, defendidos e reconhecidos, pois a Constituição Federal diz que todos são iguais perante a lei, independentemente de idade, sexo, raça, classe social. Assim como em relação às mulheres, aos idosos e às crianças, algumas políticas públicas precisam ser desenvolvidas para atender a especificidade das populações LGBT.

A violência que chega ao assassinato, vitima muitos dos membros dos grupos LGBT. Dados oficiais indicam que, entre 2011 e 2012, os crimes contra esse grupo aumentaram em 11% em nosso país. Outros sofrem tanto preconceito que abandonam a escola e abrem mão de toda a oportunidade que a educação pode dar, o que também, de certa forma, corresponde a uma expressão simbólica de morte.

É preciso desenvolver ações que eduquem a população para o convívio respeitoso com a diferença e a capacidade de reconhecer os direitos civis de todos.

Para assegurar direitos e combater a discriminação:

•         Garantir os direitos oriundos da união civil entre pessoas do mesmo sexo.

•         Aprovado no Congresso Nacional o Projeto de Lei da Identidade de Gênero Brasileira – conhecida como a Lei João W. Nery – que regulamenta o direito ao reconhecimento da identidade de gênero das “pessoas trans”, com base no modo como se sentem e veem, dispensar a morosa autorização judicial, os laudos médicos e psicológicos, as cirurgias e as hormonioterapias.

•         Como nos processos de adoção interessa o bem-estar da criança que será adotada, dar tratamento igual aos casais adotantes, com todas as exigências e cuidados iguais para ambas as modalidades de união, homo ou heterossexual.

•         Normatizar e especificar o conceito de homofobia no âmbito da administração pública e criar mecanismos para aferir os crimes de natureza homofóbica.

•         Incluir o combate ao bullying, à homofobia e ao preconceito no Plano Nacional de Educação.

•         Garantir e ampliar  a oferta de tratamentos e serviços de saúde para que atendam as necessidades especiais da população LGBT no SUS.

•       Assegurar que os cursos e oportunidades de educação e capacitação formal considerem  os anseios de formação da população LGBT para garantir ingresso no mercado de trabalho.

•         Considerar as proposições do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT na elaboração de políticas públicas específicas para populações LGBT. 

FONTE: G1

Recife Antigo de Coração traz Quinteto Violado

agosto 30, 2014

O Recife Antigo de Coração deste domingo (31) traz na programação uma das mais tradicionais bandas recifenses: o Quinteto Violado. O grupo se apresenta no palco montado ao lado do Marco Zero, às 17h, consagrando ainda mais o evento realizado mensalmente pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, para levar cultura e entretenimento à população.

Em sua 18ª edição, o Recife Antigo de Coração vai garantir um domingo inteiro de muita atividade num dos bairros mais populares da cidade. As atrações começam cedo: já a partir das 8h são várias as possibilidades de diversão no bairro.

Além do Quinteto Violado, também vão se apresentar no polo cultural M. Paulinho, criador do movimento pernambucoaxé, um estilo que mistura maracatu com axé; Grupo Samba 10; Tereza Nogueira; Chorinho Danda e Seu Regional; e Orquestra Arruando do Frevo e do Paço. Haverá ainda exposição de artistas locais e venda de caricaturas, na Avenida Rio Branco.

No polo Musical, na Rua da Moeda, a cantora Karynna Spinelli se apresenta das 15h às 18h30, garantindo muito samba de raiz. A artista convidará ao palco Bruno Lins, Irah Caldeira e DJ 440. Na Praça do Arsenal, o projeto Dançando na Rua vai embalar os casais, das 15h às 22h.

O polo esportivo oferecerá atividades físicas as mais variadas. A Rua Dona Maria César será dedicada ao handebol e ao badminton. Já na Avenida Marquês de Olinda, as pessoas poderão jogar vôlei, futebol, basquete de rua, slackline e praticar patinação artística. Na Avenida Rio Branco, serão oferecidos futebol americano e baseball.

As crianças vão poder curtir o dia com a recreação disponível na Avenida Alfredo Lisboa, das 8h às 18h. Haverá, ainda, uma oficina recreativa de fotografia, das 15h às 17h, e a apresentação de uma peça de teatro com o tema “A Bela e a Fera”, das 17h às 18h.

Para garantir maior comodidade à população, a Prefeitura do Recife oferece livre acesso ao estacionamento no seu edifício-sede, localizado na Avenida Cais do Apolo, das 6h às 23h. Vans irão realizar o translado gratuito das pessoas para o Recife Antigo.

Feira Literária – O domingo será também dedicado à literatura no Recife Antigo. Na Avenida Rio Branco, estará acontecendo a Feira Literária, iniciativa da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura da Cidade do Recife. Com entrada franca, o segundo e último dia de evento contará com a performance poético-musical do grupo Dois Cordéis, formado por Altair Legal, Vitor Aragão e José Evangelista.

Confira a programação completa:

Polo Cultural
· Venda de Caricaturas: Av. Rio Branco – 8h às 18h;
· Exposição dos Artistas: Av. Rio Branco – 8h às 18h;
· Tereza Nogueira: Palco Marco Zero – 8h às 9h;
· Chorrinho Danda e seu Regional: Palco Marco Zero – 9h30 às 10h30;
· Orquestra Arruando do Frevo e do Paço: Palco Marco Zero – 11h às 12h;
· M. Paulino: Palco Marco Zero – 14h às 15h;
· Samba 10: Palco Marco Zero – 15h30 às 16h30;
· Quinteto Violado: Palco Marco Zero – 17h às 18h;
· Dançando na Rua: Praça do Arsenal – 15h às 22h.

Polo Musical

· Karynna Spinelli e convidados: Rua da Moeda – 15h às 18h30.

Polo Esportivo

· Aluguel de bicicleta e patins: Rua do Bom Jesus – 8h às 17h;
· Futebol Americano: Avenida Rio Branco – 8h às 12h;
· Baseball: Avenida Rio Branco – 8h às 17h;
· Arena Radical (Rampas de skate): Avenida Alfredo Lisboa – 8h às 17h;
· Futebol: Avenida Marquês de Olinda – 8h às 17h;
· Handball: Rua Dona Maria César – 8h às 17h;
· Badminton: Rua Dona Maria César – 8h às 17h;
· Vôlei: Avenida Marquês de Olinda – 8h às 17h;
· Basquete de Rua: Av. Marquês de Olinda – 8h às 17h;
· Slackline: Avenida Marquês de Olinda – 8h às 17h;
· Patinação Artística: Avenida Marquês de Olinda – 14h às 18h.

Polo Infantil

· Recreação “Brincando na Rua”: Avenida Alfredo Lisboa – 8h às 18h;
· Teatro Lobatinho com a peça “A Bela e a Fera”: Avenida Alfredo Lisboa – 17h às 18h;
· Oficina Recreativa de Fotografia: Avenida Alfredo Lisboa – 15h às 17h. 

ASCOM

Paulo comanda onda amarela que invade Sertão do Pajeú

agosto 30, 2014
Foto: Beto Figueroa

O Sertão do Pajeú foi tomado, neste sábado (30), pela "onda amarela", que, sob o comando de Paulo Câmara (PSB), enche os pernambucanos de esperança no avanço das transformações vividas pelo Estado nos últimos anos. Acompanhado pelo seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), e por um exército de lideranças locais, o candidato da Frente Popular ao Governo percorreu as ruas de São José do Egito e visitou a sua tradicional feira. Durante a caminhada, o socialista foi abraçado e festejado pelos egipiciences como o sucessor do ex-governador Eduardo Campos.               

A cada passo de Paulo pela feira, a população de São José do Egito fazia questão de mostrar que estava fechada com o socialista. "É muito bom receber um carinho tao grande assim. São José do Egito sempre deu a Frente Popular esse tratamento. E nos vamos continuar a tratar esse município com o respeito que ele merece. Vamos continuar as parcerias que transformam São José do Egito e todo Pernambuco. Seguiremos, agora mais unidos do que nunca, avançando para melhorar a vida de todos vocês", ressaltou Paulo.      

Conhecido comerciante do município, Zé Dudu abriu as portas do seu armazém para receber a comitiva comandada por Paulo. Abraçado ao candidato da Frente Popular, ele apontou para a parede mostrando fotos suas ao lado dos ex-governadores Miguel Arraes e Eduardo Campos. "No ano que vem, quero colocar mais uma: a do futuro governador de Pernambuco, Paulo Câmara", afirmou. 

Em seu discurso, o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho ressaltou que a escolha de Eduardo por Paulo Câmara para sucedê-lo se deu, sobretudo, pela admiração que o ex-governador tinha pelo seu antigo secretario. "Eduardo conhecia o coração e a alma de Paulo. Sabia de sua capacidade e o indicou para liderar a Frente Popular. Paulo tem talento e está mostrado isso. Pernambuco está fechado com esse jovem que vai seguir mudando esse Estado", apontou. 

ASCOM

Em Recife, Cadastro de estudantes que terão Passe Livre começa nesta segunda-feira

agosto 30, 2014
Os cerca de 14 mil alunos do 6º ao 9º ano da Rede Municipal do Recife já começam a receber o VEM Passe Livre Estudantil a partir desta segunda-feira (1°). Os estudantes terão que se dirigir ao Posto de Atendimento do VEM, na Boa Vista, para levar a documentação, tirar foto e cadastrar as impressões digitais para biometria. Eles deverão comparecer no dia informado pela escola em que estudam, de acordo com o calendário feito pela Secretaria de Educação do Recife. Quem se cadastrar até o dia 20 já sai do posto de atendimento com o cartão, mas só poderá utilizar as 70 passagens mensais no sistema de transporte público coletivo a partir do dia 1º de outubro.
A instrução normativa que regulamenta o Passe Livre Recife, com todos os detalhes sobre o funcionamento, será publicada no Diário Oficial no Município da próxima semana. O benefício foi instituído pela Lei nº 18.043/2014, de autoria do executivo municipal, e sancionada pelo prefeito Geraldo Julio no último dia 23 de julho.
Os alunos precisam levar CPF, certidão de nascimento ou documento de identificação com foto (carteira de identidade ou carteira de estudante) e comprovante de residência (este último pode ser em nome do pai ou responsável). O Posto de Atendimento do VEM fica na Rua da Soledade, n° 259, bairro da Boa Vista. O horário de funcionamento é das 8h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira. Quem tiver dúvidas deve procurar a diretoria da escola em que estuda.
Os primeiros a fazer o cadastro são 814 estudantes de seis escolas da Regional 4 (Zona Oeste do Recife). O Posto de Atendimento do VEM contará com três atendentes só para os estudantes da Rede Municipal. Além disso, o local estará aberto nos sábados 6, 13 e 20 somente para cadastro do Passe Livre Recife. Quem perder o dia de cadastramento só poderá fazer o VEM Passe Livre após o dia 20, sem o atendimento exclusivo, e só terá direito ao benefício em novembro.
Os estudantes das 36 escolas de 6° ao 9° ano da PCR terão direito a 70 viagens mensais no valor de meia passagem da tarifa do Anel A (R$ 1,07). O sistema limitará o uso a 70 vezes por mês, não podendo ser utilizado mais de quatro vezes por dia. Os créditos entram automaticamente no cartão, no início de cada mês, e expiram em 180 dias, como ocorre com todo VEM. Os alunos poderão usufruir do Passe Livre Recife em todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos, feriados e até mesmo durante as férias escolares.
Se ao final do mês o beneficiário só tiver usado 40 passagens, por exemplo, a Prefeitura só depositará o crédito referente às 30 viagens restantes, para que o estudante tenha direito a usar 70 passagens no mês seguinte. Periodicamente, o Grande Recife Consórcio de Transporte enviará relatórios para a Secretaria de Educação do Recife com essas informações.
O secretário de Educação do Recife, Jorge Vieira, ressalta a importância desse investimento para a redução da evasão escolar e para a economia das famílias de baixa renda, além de garantir o transporte para que os alunos tenham acesso a atividades de lazer. “Os cerca de R$ 1 milhão que vamos investir por mês representam uma economia mensal de R$ 74,90 para cada família. No fim do ano, os pais vão ter economizado mais de um salário mínimo: R$ 898,80. Este é mais um compromisso assumido na campanha que a gestão Geraldo Julio consegue tirar do papel”, afirma o secretário.
O Passe Livre Recife é de uso pessoal e intransferível, sendo proibida a cessão, venda ou qualquer forma de utilização do benefício por terceiros. Se for verificado o uso indevido do cartão, o beneficiário será notificado pela Secretaria de Educação para apresentar defesa no prazo de dez dias. Se a defesa não for apresentada ou for rejeitada, o estudante terá o benefício suspenso por 30 dias. Em caso de reincidência, o direito ao Passe Livre será suspenso por todo o semestre.
CPF – Como os alunos do 6º ao 9º ano têm entre 11 e 14 anos e muitos ainda não têm CPF, eles só poderão tirar o VEM depois que fizerem o documento em um dos postos do Expresso Cidadão. Somente no Recife, há unidades em Afogados, Cordeiro, Boa Vista e Pina. Diferente do VEM, para tirar o CPF é preciso ir acompanhado do pai ou responsável, com o documento de identificação dele, além de levar os originais do documento de identificação ou certidão de nascimento do estudante. O CPF fica pronto na hora e é gratuito. 
Quem preferir também pode tirar o documento em agências dos Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, onde é cobrada uma taxa de R$ 5,70. Quando estiverem com o CPF em mãos, os alunos devem informar à direção da escola, para que ela informe que dia ele poderá ir ao Posto de Atendimento do VEM.

PCR

Paulo: "Política se faz junto com o povo"

agosto 30, 2014

Foto: Beto Figueroa

Pernambuco vivencia uma das mais belas campanhas eleitorais de sua história, com a jornada que vai levar Paulo Câmara (PSB) ao Palácio do Campo das Princesas. A cada dia que passa, mais gente ocupa as ruas para mostrar, com entusiasmo, que o Estado merece seguir avançando. E foi com esse espírito que o município de Brejinho, no Sertão do Pajeú, abraçou, neste sábado (30), a caravana do 40. Ao lado de seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/senador), e de várias lideranças da região, Paulo caminhou pelas ruas da cidade, recebendo sempre muito carinho dos populares.

O socialista parou inúmeras vezes a caminhada para tirar os famosos "selfies", e, principalmente, para conversar com a população. Paulo quis ouvir as demandas dos jovens, dos trabalhadores, das mulheres e dos idosos. Um gesto que mostra a simplicidade e o seu compromisso com o povo pernambucano.       

"Quando faço caminhadas, gosto de ficar no meio do povo; de conversar, de ouvir as pessoas. Pois é para essas mesmas pessoas que eu vou governar. Política se faz junto do povo, e, sobretudo, para o povo. O nosso compromisso, assim como era o do ex-governador Eduardo Campos, é com quem mais precisa", ressaltou Paulo Câmara.

Impressionado com o estilo de fazer caminhada de Paulo, o comerciante Manuel de Souza, de 56 anos, destacou que "um homem simples desse jeito" merece conduzir Pernambuco. "Só governa para o povo quem fica junto do povo. Esse Paulo vai ser um governador bom! A gente vê isso nos olhos dele", frisou.

A caminhada de Paulo por Brejinho foi o segundo ato de campanha do socialista no Sertão do Pajeú. Mais cedo, o candidato da Frente Popular visitou a tradicional feira de São José do Egito. Ele continua seu périplo da região por mais seis municípios.

ASCOM

Em bate-papo com estudantes, Paulo detalha ações para Educação

agosto 30, 2014
Foto: Wagner Ramos
O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), participou, na manhã desta sexta-feira (30), de um descontraído bate-papo sobre o futuro de Pernambuco com alunos do Colégio Cognitivo, em Casa Forte, no Recife. O socialista abriu o encontro com uma explanação de seus compromissos para garantir que o Estado siga avançando nas transformações iniciadas pelo ex-governador Eduardo Campos. Na sequência, Paulo respondeu perguntas feitas pelos estudantes. A maior parte relacionada à educação e às políticas para a juventude.
O candidato da Frente Popular detalhou elementos que fazem de Pernambuco um dos Estados com melhores perspectivas para o desenvolvimento do ensino público. "Cada aluno da nossa rede terá a oportunidade de estudar em uma escola integral. A vaga estará garantida. No ensino técnico, Pernambuco vai ter 40 escolas para ajudar no desenvolvimento das vocações de cada região, além de preparar os jovens pernambucanos para os novos empreendimentos que estão chegando", frisou Paulo Câmara.
O socialista destacou sua preocupação com a educação também se estende ao ensino superior. Paulo pontuou que a consolidação do processo de interiorização da Universidade de Pernambuco (UPE) é uma das prioridades do seu futuro governo. "Não adianta você ter escolas técnicas e integrais de boa qualidade e esquecer do ensino superior. Levamos a UPE para várias cidades do interior, como Garanhuns e Serra Talhada. Agora, vamos melhorar suas estruturas e investir em cursos desse novo momento de Pernambuco”, destacou.
Paulo fez ainda questão de apontar que esse conjunto de medidas virá acompanhado da valorização do professor. O socialista reafirmou o seu compromisso de dobrar a remuneração paga pelo Estado ao seu corpo docente com o objetivo de motivar a categoria, ajudando na melhoria do desempenho dos alunos da rede pública. "Mas esse esforço financeiro não virá sozinho. Com professores melhores remunerados, teremos mais condições de cobrar, de exigir uma educação de maior qualidade", pontuou.

Câmara ressaltou que esses avanços são possíveis pelo momento diferenciado que Pernambuco atravessa. E que esse quadro se deve ao esforço realizado nos últimos anos para que a máquina pública estadual enxugasse os chamados gastos desnecessários para ampliar o seu potencial de investimento. "Antes de 2007, Pernambuco só investia uma média de R$ 800 milhões por ano. Fechamos 2013, em R$ 3,7 bilhões em investimentos. Somos, proporcionalmente, o Estado que mais investe no País", explicou. 
ASCOM

Garanhuns adere ao Pacto dos Municípios pela Segurança Pública

agosto 29, 2014
Foto: Luanny Porto

O município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, aderiu, na tarde de ontem (28), ao Pacto dos Municípios pela Segurança. O momento ocorreu no auditório do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e contou com a presença do procurador-geral do município, Tiago Ferreira, e da presidente da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Ana Maria Campelo Rossini. A assinatura e oficialização ao pacto será feita na próxima semana, em data e horário a ser definidos, pelo prefeito Izaías Régis, no gabinete do Palácio Celso Galvão.
Com a assinatura do Termo de Cooperação Técnica e Compromisso (TCT), Garanhuns se compromete a atuar num trabalho de parceria entre os órgãos oficiais de segurança e a sociedade para o cumprimento de metas pré-estabelecidas. A pactuação é dividida em 10 eixos, que envolvem ações em bares e restaurantes, iluminação pública, sistema de monitoramento por câmeras, estruturação de conselhos, adesão à programas sociais, entre outros.
Para a presidente da AMSTT, Ana Maria Campelo Rossini, a iniciativa é de total interesse do município, que passará a aperfeiçoar sua atuação na prevenção da violência. “Sabemos dos desafios, mas iremos nos emprenhar para executar as metas do projeto. Teremos um prazo de seis meses para apresentar nosso primeiro relatório de avaliação. Garanhuns tem grandes chances de receber premiações caso estas metas sejam cumpridas. Trabalharemos para isso, a mobilização será coletiva”, pontua a chefe da pasta.
O procurador-geral do município, Tiago Ferreira, destaca a importância da educação no processo de implantação do pacto e do interesse do prefeito Izaías Régis em melhorar a segurança pública. “Já vínhamos desempenhando ações de caráter educativo por meio das autarquias e demais secretarias, além de inúmeros investimentos como a iluminação de LED, valorização da Guarda Municipal e suporte para funcionamento de conselhos municipais, agora é momento de adotar as novidades e melhorar a qualidade de vida da população”, finaliza.
A ocasião de ontem contou, ainda, com a presença do procurador-geral do MPPE, Agnaldo Fenelon, promotores de justiça, prefeitos e representantes de municípios do Agreste Meridional. Atualmente, 57 municípios do Estado já aderiram ao Pacto dos Municípios pela Segurança Pública.

Cloves Teodorico

Festival MIMO de Cinema exibe títulos inéditos em Olinda

agosto 29, 2014
No maior evento de música instrumental gratuito do país, os grandes artistas da cena mundial estão não só nos palcos de praças, ruas e igrejas centenárias, mas também em telões montados nos mais diversos espaços das cidades históricas. Mostrando sua importância crescente a cada edição, o Festival MIMO de Cinema recebeu este ano um recorde de inscrições: 157 obras, entre curtas, médias e longas-metragens com temática musical, das quais 26 foram selecionadas para exibições durante o evento em Olinda (4 a 7/9) e nas outras cidades que recebem o festival.
Foto: Divulgação
“Cauby – Começaria Tudo Outra Vez”, dirigido por Nelson Hoineff, “Triunfo”, com direção de Caue Angeli e Hernani Ramos, “Damas do Samba”, com direção de Susanna Lira, e “A Farra da Circo”, de Roberto Berliner e Pedro Bronz, integram a Mostra Panorama Brasil, que reúne filmes inéditos em circuito comercial.
Já a Mostra Um Outro Olhar apresentará filmes sobre música que já fizeram sua estreia nos cinemas e tiveram grande sucesso de público e crítica. A seleção foi feita pela diretora do festival, a cineasta Rejane Zilles, o jornalista e crítico de cinema Marcelo Janot e o pesquisador, jornalista e crítico Heitor Augusto.
O Festival MIMO de Cinema tem toda a programação gratuita projetada em telões ao ar livre, pátios de igrejas seculares, cinemas, mercados e centros culturais. O evento vem unindo realizadores, produtores e exibidores em busca das novas tendências da linguagem cinematográfica musical. Com uma ampla programação de filmes focados no gênero, destaca seus personagens e suas histórias, ampliando a relevância musical destes protagonistas. A seleção combina filmes de ficção, animação e documentário.
“Este ano, apresentamos um panorama mais amplo na abordagem do tema música, com menos cinebiografias e maior valorização dos gêneros de nossa rica cultura musical. Filmes que falam de samba, rock, choro, black music, música clássica, movimentos políticos e geracionais tornam muito interessante essa programação. São curtas, médias e oito longas inéditos nos cinemas. É um número muito expressivo! Teremos ainda uma forte relação entre os shows apresentados no MIMO e filmes que irão retratar os artistas que se apresentam no festival”, comenta Rejane.
Sobre o MIMO - Consagrado por receber os maiores músicos do mundo, em apresentações históricas, o MIMO chega à 11ª edição como o maior festival gratuito de música instrumental do Brasil. Realizado em cidades que preservam bens e valores culturais do país, oferecerá concertos gratuitos em Olinda (4 a 7/9), Ouro Preto (29 a 31/08), Paraty (10 a 12/10) e Tiradentes (17 a 19/10). Entre as atrações deste ano, estão o pianista e compositor americano Chick Corea, com seu novo grupo The Vigil; o catalão Jordi Savall, mestre da música antiga e seu grupo Hespérion XXI; o percussionista e compositor indiano Trilok Gurtu; o cantor jamaicano Winston McAnuff ao lado do acordeonista francês Fixi.

Programação Festival MIMO de Cinema

Aprender a ler pra ensinar meus camaradas
Direção: João Guerra
04/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
O filme acompanha a jornada de dois músicos angolanos que viajam até a Bahia, em busca de vestígios da ancestralidade perdida. No Brasil, participam de um grande show, encontram outros músicos e investigam elementos de sua própria identidade, deparando-se com interessantes descobertas. O documentário aborda traços de uma herança africana fora da África, reencontrada através da música.

A música segundo Tom Jobim
Direção: Dora Jobim e Nelson Pereira dos Santos
04/09 – Igreja da Sé, às 19h
O extraordinário universo da música de Tom Jobim não cabe em palavras. Foi com esta ideia em mente e a sensibilidade aguçada que o diretor Nelson Pereira dos Santos, ao lado de Dora Jobim, se dispôs a encarar o desafio de desvendar, em filme, a trajetória musical do grande artista brasileiro, autor de uma obra eterna e de alcance internacional. Escolheram o caminho sensorial da imagem e do som para exibir a obra do compositor considerado, ao lado de Villa-Lobos, como um dos maiores expoentes de todos os tempos da nossa música. Vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de melhor longa-metragem de documentário em 2013 e homenageado no Festival de Cannes 2012.

Damas do Samba
Direção: Susanna Lira
04/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Desde que o samba surgiu no Rio de Janeiro, a presença feminina foi fundamental para a sua criação, manutenção e perpetuação. Musas, pastoras, tias, compositoras, passistas, madrinhas, carnavalescas, mulatas, intérpretes e operárias, elas formam um painel de cores, sentimentos e sons na representação desta cultura. O filme mostra a história dessas mulheres, reverenciando a sua contribuição para a construção deste enredo. Menção Honrosa do Festival Internacional do Rio de Janeiro 2013.

A Casa do Mário
Direção: Luiz Bargmann Netto
04/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
A partir de imagens de arquivo, peças de coleção, livros e discos do escritor, que tinha grande afinidade com a música, o filme lança um olhar sobre a morada de Mário de Andrade – o espaço de vivência familiar, social e de trabalho, que marcou sensivelmente o ilustre paulistano em grande parte de sua vida.

Oleguns Olô Fê
Direção: Fernando Mamari e Tarsilla Alves
05/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
Ele desperta no porto da cidade do Rio de Janeiro. Por meio de olhares, percebe que não está só nesse caminhar. Seu corpo segue o ritmo dos tambores, que o guiará até seu destino. Ali, descobre finalmente que sua liberdade está além-mar.

Israel Casa de Bamba
Direção: Felipe Ivanicska
05/09 – Pátio do Seminário, às 18h
Há quem sambe diferente numa terra diferente. Em Israel, não só o samba, mas toda a música brasileira e a capoeira são parte da cultura cotidiana, desde a década de 1970. Como muitos brasileiros, o diretor foi para Israel, sem saber que encontraria um segundo Brasil, com um povo que, como o nosso, adora praia, futebol e encontra na música uma razão para dançar, esquecer os problemas e ser feliz.

Geração Baré-Cola – Usuários de Rock
Direção: Patrick Grosner
05/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
Documentário sobre o rock brasiliense, a partir da década de 1990, pós-Geração Coca-Cola. Com material inédito de arquivo, democlipes, entrevistas e animações, o filme traz, de forma divertida, momentos especiais vividos pelos músicos e suas bandas na época. Entre elas, Raimundos, Little Quail, DFC, Os Cabelo Duro, Filhos de Menguele, Os Cachorros das Cachorras, Os Alices, Pravda e Oz.

Jorge Mautner – O filho do Holocausto
Direção: Pedro Bial e Heitor D’Alincourt
05/09 – Igreja da Sé, às 19h
O filme reúne imagens raras, que remontam à vida rica e cheia de reviravoltas de Jorge Mautner. Filho de um judeu austríaco com uma católica iugoslava, Mautner quase nasceu no barco que trouxe sua família da Europa Oriental, ocupada pelo governo nazista, no início da década de 1940, para o Rio de Janeiro. Da prisão por comportamento subversivo em São Paulo até o exílio em Londres, onde conheceu Caetano Veloso e Gilberto Gil, a vida do compositor é ilustrada por trechos de sua obra e declarações de quem esteve presente em momentos fundamentais de sua história. Vencedor do Festival de Cinema de Gramado 2012 nas categorias: melhor montagem, fotografia e roteiro.

Triunfo
Direção: Caue Angeli e Hernani Ramos
05/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Cinebiografia do pai do hip hop brasileiro, Nelson Triunfo, que completa 60 anos de uma vida dedicada à arte. Nascido no sertão pernambucano, o dançarino, compositor e ativista radicado em São Paulo é um dos precursores da black music no Brasil. Ao bater de frente com a ditadura militar para fincar as raízes da cultura de rua, entre as décadas de 1970 e 1980, tornou-se referência de toda uma geração. O filme traz depoimentos de nomes consagrados do hip hop nacional.

Psiu!
Direção: Antônio Carrilho e Juliana Lima
05/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Cinebiografia do compositor Zé Dantas. Autor de letras como Sabiá, O Xote das Meninas, Riacho do Navio, Vozes da Seca entre outras. Zé Dantas, junto com seu amigo e parceiro Luiz Gonzaga deu vida e emoção a dezenas de canções que marcaram a história da música brasileira.

O Homem que Pintava Músicas
Direção: Jackson Abacatu
05/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Animação – Qual será o som de uma mancha vermelha? E do amarelo, com um pouquinho de cinza? Existe uma trilha sonora das montanhas ou a música do mar?

Democracia em Preto e Branco
Direção: Pedro Asbeg
06/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
Estávamos em 1982. A ditadura militar completava 18 anos de opressão e censura, a MPB sobrevivia de metáforas e o Corinthians, dos jogadores Sócrates e Casagrande, era dominado pelo mesmo presidente. Foi neste contexto de política, futebol e rock que foram vividos alguns dos importantes momentos de nosso País. O filme, narrado por Rita Lee, fala desse período de sonhos, conquistas, utopias e desilusões. Prêmio no Festival É Tudo Verdade 2014 – Menção Honrosa do Júri Oficial – e Melhor Documentário do Cinefoot 2014.

Sobre Amanhã
Direção: Diego de Godoy e Rodrigo Pesavento
06/09 – Pátio do Seminário, às 18h
Documentário sobre o surgimento da banda DeFalla, uma das mais instigantes do chamado “novo rock brasileiro”, dos anos 1980, que teve uma trajetória diferente a cada disco. Em 2011, o grupo reuniu-se novamente para um show em comemoração aos 25 anos do primeiro álbum. Com o título de uma das melhores músicas desta safra, o documentário registra esta noite histórica e traz o impacto estético de seu surgimento na cena roqueira.

Atenciosamente, Lo Turco
Direção: Débora Guimarães
06/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
Em 1940, um músico amador encomenda um violino de Vincenzo Lo Turco, renomado luthier do Rio de Janeiro. A partir daí, inicia-se uma intensa troca de correspondências a respeito da fabricação do instrumento. Após a morte do músico, a viúva herda os cuidados com o violino, até precisar vendê-lo.

Dominguinhos
Direção: Joaquim Castro, Eduardo Nazarian e Mariana Aydar
06/09 – Igreja da Sé, às 19h
Um retrato do sanfoneiro, cantor e compositor Dominguinhos (1941 – 2013), discípulo de Luiz Gonzaga e autor de sucessos como “Eu só quero um xodó”, “Gostoso demais”, “De volta pro aconchego” e “Lamento sertanejo”. Sua obra é revivida em imagens de arquivo, derramando uma história que se multiplica em sons, versos e beleza.

A Farra do Circo
Direção: Roberto Berliner e Pedro Bronz
06/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Um filme sobre a geração que formou o Circo Voador, a “usina de sonhos”. Do calçadão do Arpoador, em 1982, até a viagem para a Copa do México, em 1986, passando por uma noite inesquecível na Lapa, o filme mostra a geração que revolucionou a cena cultural brasileira. Prêmio Especial do Júri do Festival Internacional do Rio de Janeiro 2013.

O Ouvido de Vinicius
Direção: Sergio Oliveira e Ezequiel Pierri
06/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Nos anos 1970, uma cantora sai de um estúdio pelas ruas de Mar del Plata, em busca de uma poesia perdida na noite sul-americana. O filme é um ensaio sobre uma gravação imaginária do poeta e compositor Vinicius de Moraes com a cantora Maria Bethânia.

O Canto da Lona
Direção: Thiago B. Mendonça
07/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
A trajetória de cinco antigos artistas do circo paulista é retraçada no momento em que se reúnem para uma pequena apresentação circense. “Então, nós chamamos o circo de o nosso mundinho. Pra fora da cerca, é o mundo que é o mundo. Pra dentro da cerca, é o nosso mundo”.

A briga do cachorro com a onça
Direção: Hidalgo Romero e Alice Villela
07/09 – Mercado da Ribeira, às 18h
Êxodo. Entre 1950 e 1980, milhares de nordestinos migraram para o Sudeste brasileiro, em busca de melhores condições de vida. São os filhos da seca e da miséria. Trouxeram na bagagem crianças, comidas, histórias e os ritmos musicais. “A briga do cachorro com a onça” é uma música da cultura popular brasileira, tocada em diferentes versões por bandas de pífano de todo o País. O documentário é uma livre adaptação desta história e lança um olhar poético e contemporâneo sobre o fluxo migratório.

Cauby – Começaria tudo outra vez
Direção: Nelson Hoineff
07/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
O filme aborda os constantes recomeços de Cauby Peixoto, que, em 60 anos de carreira, oscilou entre períodos de intenso sucesso e reclusão absoluta. Sua história é contada através de depoimentos de artistas como Marília Pera, Ney Matogrosso, Agnaldo Rayol, Ângela Maria, Caetano Veloso, Maria Bethânia e Agnaldo Timóteo. Familiares, jornalistas, fãs e figuras excêntricas que o idolatram por todo o Brasil completam o painel de depoimentos.

Patativa – Xiri meu “não dou”
Direção: Tairo Lisboa
07/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
O documentário sobre a cantora e compositora Patativa surgiu como oportunidade de retratar uma figura importante do samba e da cultura popular maranhense. Dona de canções irreverentes e escrachadas, carrega a tradição do “samba madre divino”, sendo “Xiri meu” uma das mais conhecidas. Presença cativa nas rodas de samba e outras manifestações da cultura popular em São Luís, Patativa tornou-se um ícone, madrinha de diversos grupos e artista homenageada por blocos e escolas de samba.

Sinfonia
Direção: Simon Pedro Brethé
07/09 – Mercado da Ribeira, às 20h
Animação – Uma fantástica orquestra de notas musicais executa a música “Bolero”, de Maurice Ravel. Situações inusitadas vão acontecendo à medida que a música avança.

ASCOM
Amannda Oliveira. Tecnologia do Blogger.