segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Após movimentar o Dona Lindu, Festival de Música Carnavalesca do Recife anuncia vencedores

Foto: Carolina Leitão

A área externa do Parque Dona Lindu, na Avenida Boa Viagem, ficou pequena para a multidão que se aglomerava para assistir as 30n apresentações dos finalistas do Festival de Música Carnavalesca do Recife na noite do último sábado (19). No palco um desfile dos ritmos bem pernambucanos como caboclinho, frevo de bloco, de rua e canção e maracatu.

O Festival que é organizado pela Secretaria de Cultura que lançará um disco com os 15 finalistas em janeiro.

Os primeiros lugar ganhará R$ 10 mil reais, os segundos R$ 7 mil e os terceiros lugares R$ 3 mil respectivamente. 

Entre os compositores que foram classificados, nomes como Luciano Magno (Coração Folião), César Miquiles ( Pipocando), Beto Hortis ( Capibarizando), foram os finalistas na categoria frevo de rua.

Confira algumas imagens:

Foto: Carolina Leitão

Foto: Carolina Leitão

Foto: Carolina Leitão

Foto:Carolina Leitão

A comissão julgadora do Festival de Música Carnavalesca do Recife 2011/2012 foi formada por Silvério Pessoa (cantor e compositor), Martinho Filho (coordenador de produção da gravadora Biscoito Fino), José Gomes (maestro), José Teles (jornalista e crítico de música) e Tarcísio Resende (músico e pesquisador). 


Vencedores do Festival de Música Carnavalesca do Recife 2011/2012:

Categoria Frevo de Rua

1º lugar – Pipocando - César Michiles (Intérprete: SpokFrevo Orquestra + César Michiles/ Arranjador: Marcos Cesar)
2º lugar - Debaixo do frevo - Bráulio Araújo (Intérprete: SpokFrevo Orquestra + Bráulio Araújo/ Arranjador: Ademir Araújo)
3º lugar – Capibarizando - Beto Hortis (Intérprete: SpokFrevo Orquestra + Beto Hortis (solo sanfona)/Arranjador: Marcos FM)



Categoria Frevo Canção
1º lugar - Contradição - Getúlio Cavalcanti (Intérprete: Alessandra Cavalcanti/ Arranjador: Parrô) 
2º lugar - Recife luz - Rubem Valença Filho (Intérprete: Nena Queiroga/Arranjador: Maestro Duda)
3º lugar – Colibri - André Macambira (Intérprete: André Macambira/ Manuca Bandini/Arranjador: Parrô)



Categoria Frevo de Bloco
1º lugar - Quem sou eu pra te esquecer- Getúlio Cavalcanti (Intérprete: Coral Edgar Moraes/ Arranjador: Maestro Duda)
2º lugar - No paço do frevo por Antônio Maria - Thiago Cardoso e Socorrinho Cardoso (Intérprete: Coral Stallo/Arranjador: Flávio Lima)
3º lugar - Recife, uma canção - Sônia Aguiar/Wilson Pessoa (Intérprete: Um Bloco Em Poesia/Arranjador: Edson Rodrigues)



Categoria Maracatu
1º lugar - Canto de Oxalá - Emerson Sarmento (Intérprete: Geraldo Maia/Arranjador: Bruno César)
2º lugar - Rosa negra - Beto do Bandolim e Marcelo Varella (Intérprete: Adriana BB/Arranjador: Clóvis Pereira)
3º lugar - Feito esse rio - Rogério Rangel do Rego Barros (Intérprete: Rogério Rangel/Arranjador: Liudinho)



Categoria Caboclinho
1º lugar - Clariô Okê - Luciano Brayner (Intérprete: Luciano Brayner/Arranjador: Elias Oliveira)
2º lugar - Guerreiro de lança - Flavio Souza e Lourenço Gato (Intérprete: Gustavo Travassos/ Arranjador: Ademir Araújo)
3º lugar - Alma de caboco - Júnior Vieira (Intérprete: Mamelungos/Arranjador: Maestro Duda)



Melhor arranjo
Ademir Araújo (com o frevo de rua De baixo do frevo, de Bráulio Araújo)



Melhor intérprete
Geraldo Maia (com o marcatu Canto de Oxalá, de Emerson Sarmento)


Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário